3 comentários:
De João Porto a 17 de Agosto de 2009 às 20:12
O maior desemprego de que há memória… E segundo os dados mais recentes do EUROSTAT, da Comissão Europeia e da OCDE, o PIB per capita em Portugal passou de 77% da média comunitária em 2003 para 75% em 2008, apesar de entretanto terem aderido à UE dez novos Estados-membros menos desenvolvidos de Leste. Quatro desses novos países já nos ultrapassaram em termos de desenvolvimento económico. A produção industrial portuguesa em Junho de 2009 afundou 10,8% em relação a 2008 (que já havia sido um ano de recessão!). O PIB português no segundo trimestre de 2009 caiu 3,7% relativamente ao segundo semestre de 2008. O rácio da dívida pública portuguesa disparou em 2009 (ano de eleições) para 90% do PIB. O déficit da Balança Comercial foi de 23,3 mil milhões de Euros em 2008! As vendas de carros novos em Portugal registaram um decréscimo catastrófico de 36,1% em Junho de 2009 comparativamente a Junho de 2008, que já tinha sido um ano miserável, à semelhança aliás do que sucedera nos três anos anteriores. Conclusão: regressado das suas irresponsáveis férias milionárias em Espanha (1500 Euros por noite), Sócrates anda contentinho. Mas os Portugueses têm razões para estar profundamente desiludidos.



De rosa a 21 de Agosto de 2009 às 01:32
João Pedro, assim não.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

João Pedro, assim não. <BR class=incorrect name="incorrect" <a>1ºFaz</A> uma descrição do nosso país mas o resto dos países? <BR>Não é uma crise mundial? <BR>2º A conclusão mais parece de uma revista cor-de-rosa. Sócrates não pode fazer férias? <BR>Será que pensa que todos os portugueses deviam gastar o mesmo? <BR>Assim não vamos lá.


De rosa a 17 de Agosto de 2009 às 11:22
Muito bom, parabéns Rui Namorado.
Descrição muito realista dos factos.


Comentar post