Candidatos do CDS a Salvaterra de Magos vêm todos do Minho

A lista do CDS-PP à Câmara de Salvaterra de Magos é composta por militantes do partido residentes em Famalicão e Ponte de Lima, uma situação que o secretário-geral do partido garantiu ficar a dever-se apenas a um "erro informático".

"Um lamentável erro informático", foi assim que João Almeida, secretário-geral do CDS-PP, explicou a composição da lista de candidatos do partido à Câmara de Salvaterra de Magos, no distrito de Santarém. A lista foi entregue no tribunal e validada por cumprir os requisitos legais. Contudo, todos os militantes do partido que concorrem àquela autarquia são naturais e residentes nos concelhos de Vila Nova de Famalicão e Ponte de Lima, respectivamente nos distritos de Braga e Viana do Castelo.

"Houve pedidos para que Famalicão disponibilizasse nomes de militantes para compor listas mas nunca para comporem, quase exclusivamente, uma candidatura", referiu Ricardo Mendes, responsável pela concelhia do CDS em Famalicão. O candidato do CDS à presidência da Câmara de Salvaterra de Magos é Manuel Fernandes Silva Moreira, militante em Famalicão. O mesmo acontece com os cinco nomes seguintes da lista. Entre os candidatos, estão três familiares directos do líder concelhio.

"O secretário-geral do partido telefonou-me a dizer-me que os militantes de Famalicão estavam na lista de Salvaterra mas nada disto estava previsto", salientou ainda Ricardo Mendes.

Os restantes candidatos são de Ponte de Lima. "A lista existe e já não podemos fazer nada a não ser falar com a concelhia de Salvaterra e de Famalicão a lamentar o sucedido", disse João Almeida. O secretário-geral do CSD-PP desvalorizou as críticas de alguns membros do partido. "Apenas apresentamos a candidatura para que os eleitores do CDS possam votar no partido", salientou. [Público]


MARCADORES: , ,

Publicado por JL às 17:51 de 29.08.09 | link do post | comentar |

1 comentário:
De militante a 31 de Agosto de 2009 às 10:52
Gostei desta notícia.
CDS/PP não tem militantes que cheguem num concelho e.. resolve o problema indo 'buscar' militantes a outro concelho (bem distante) onde sobram... - caricato.

Mas há partidos que, apesar de terem militantes que cheguem ..., para as listas vão buscar ''independentes'', ex-militantes de outros partidos e convidam mesmo actuais militantes de outros partidos !! - falta de ética.

Qual é a pior opção?


Comentar post

DESTAQUE DO MÊS
14_04_botão_CUS
MARCADORES

todas as tags

CONTACTO

Email - Blogue LUMINÁRIA

ARQUIVO

Junho 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Online
RSS
blogs SAPO