Soltas

"Esta declaração é a peça mais demagógica que alguma vez vi num político de alto nível em Portugal", disse João Marcelino, director do Diário de Notícias, em declarações no telejornal da RTP1.

 

“…Mas, de tudo aquilo que ouvi, há uma coisa que me não deixa dúvida: Alguém declarar publicamente que tem vulnerabilidades de segurança no seu sistema informático é a maior vulnerabilidade e a maior falha de segurança que pode fazer.” [A barbearia do senhor Luís, LNT,]

 

Cavaco Silva acabou de fazer um exercício suicida. Desceu do lugar da mais alta dignidade institucional da República, para o qual foi eleito, à mesa do café para transmitir as suas opiniões pessoais aos portugueses. Ao que vinha, na qualidade de Presidente, tudo ficou por esclarecer. Nunca tal se tinha visto! Com seus defeitos e virtudes nunca qualquer outro Presidente da República alguma vez desceu tão baixo. A partir de hoje, se ainda restassem dúvidas, Cavaco Silva deixou de ser o Presidente de todos os portugueses para se tornar no líder da oposição ao PS.” [Absorto, Eduardo Graça]

 

“Decididamente, Cavaco Silva saiu do carril. Produziu uma declaração totalmente dispensável. O que o país precisava e merecia saber não foi esclarecido. Lamentável esta declaração.” [Tomar Partido, Jorge Ferreira]

 

O PS, pela voz de Pedro Silva Pereira, considerou que a comunicação ao país do Presidente da República "confirmou" que a suspeição sobre "escutas" do Governo a Belém não passou de "uma invenção" com o objectivo de prejudicar os socialistas e o seu executivo. [Expresso]



Publicado por JL às 23:42 de 29.09.09 | link do post | comentar |

6 comentários:
De Babuíno a 30 de Setembro de 2009 às 16:37
Pelas citações que lemos, ficamos a saber que existem em Portugal muitos intelectuais que discordam do discurso do Presidente da Republica.
Ainda bem que quem manda é o povo, e foi ele que decidiu continuar a votar em Socrates, quando esses mesmo intelectuais o criticavam constantemente, e é o Povo que vai julgar as palavras acções do PR. Esse povo que não têm direito a citações em Blogs, nem tempo de antena das televisões, pois por causa de "fazedores de opinião", comentadores profissionais e intelectuais o POVO já pouca voz tem.
Resta-lhe o voto, e esse vai de encontro á douta opinião destes senhores.

PS :) Deve ter faltado a electricidade, nas instalações do PS, na primeira parte do discurso, quando o PR falou dos membros do partido do Governo, que tentaram colar o PR ao PSD, pois o PS fez de conta que não ouviu....

Abel


De Zé das Esquinas o Lisboeta a 30 de Setembro de 2009 às 19:29
Olá Abel. Isso do POVO não ter voz e ter pouco acesso a televisão e blogs, permito-me discordar.
Primeiro a televisão que veio globalisar a informação e agora a internet e os blogs vieram precisamente dar a voz ao tal POVO que não se conseguia fazer ouvir...
Espero que não esteja a pensar que POVO é sinónimo de analfabetismo, iletracia ou pacóvio...
E ainda existem outras soluções que o POVO tem para dar a volta ao texto, para além do voto, mas essas só lhe posso dizer ao ouvido...
E esse Post Scritum final que escreveu abreviado, deve-lhe ter custado... Mas não é preciso colar o PR ao PSD. Ele é do PSD, não conseguiu é ser PR.


De Babuíno a 30 de Setembro de 2009 às 21:52
Estava no trabalho a escrever à pressa e não me fiz entender.
Já agora parabéns pelo blog, embora não concorde com muito do que aqui vejo e leio, ver o Presidente da Republica Portuguesa, "disfarçado" de palhaço é um insulto não só ao próprio mas a toda a gente que votou nele e foram muitos.

Agora em relação ao que eu queria escrever...
Ao ler todas estas citações de tão ilustres personagens lembrei-me de que no fim das declarações do PR estavam em todas as televisões os "comentadores profissionais" que nos dizem o que pensar, que opinião devemos ter e como a devemos sustentar. E como eles nos fazem sempre querer que nós somos o pior povo do mundo e com os piores governantes, isto coloca-nos à beira do precipício e então o resto que se houve e lê são ecos dos "donos da verdade".

Mas nas urnas é o povo que manda, aquele povo que está desempregado, que é explorado, que quando é pago é mal pago, que não tem direito a saúde, não tem direito a educação, que vê as "classes" (médicos, professores, enfermeiros, juízes, etc etc ) a defender o seu umbigo sem querer saber nenhuma de quanto isso vais custar ao país. Mas o Povo quando vai votar já não vai em cantigas nem em penteados estranhos no Jornal da TVI, e embora as coisas estivessem muito mal, voltou a votar no "mal amado" Eng. Socrates porque isso é o melhor para o país e já nas eleições presidenciais, contra a corrente de "pensadores" e intelectuais tinha colocado Cavaco Silva na presidência.

Pelo menos dêem ao povo o direito à opinião, á sua opinião...

O que interessa ao POVO o que o João Marcelino, director do Diário de Notícias ou o Miguel Sousa Tavares pensa sobre as declarações do PR ????

Abraço
Abel


De DD a 30 de Setembro de 2009 às 23:36
Não é bem o povo desempregado que decide nas urnas porque rondam os 9% em Portugal. Os restantes 91% têm mais peso e, de algum modo, ainda bem. Melhor fora que os restantes fossem 99,9%.

De qualquer modo, o problema não se resolve com palavras e, menos ainda, com políticas. Repare-se que toda a Europa menos quatro nações votou à direita e os de esquerda são os socialistas e trabalhistas considerados de direita pela extrema-esquerda. O povo europeu sabe que necessita de boas empresas para ter empregos e não de medidas legislativas que mais não são que papel.


De rosa a 1 de Outubro de 2009 às 01:08
Sr. Abel
Será que o senhor em pleno século XXI ainda pensa desta maneira?
Assim não é possível , que diabo, então povo só são esses?
Sinceramente................


De Zé das Esquinas o Lisboeta a 1 de Outubro de 2009 às 11:04
Quanto ao acessório:
-Há quem veja um PR disfarçado de palhaço e há quem veja um palhaço disfarçado de PR .
Não, não é a mesma coisa.
- Uma boa mulher não é o mesmo que uma mulher boa...
Claro que a mim também me entristece estas brincadeiras com a nobre profissão de palhaço e a não menos nobre função de PR . Sim que profissão e função também não é a mesma coisa...
E concordo consigo que cada vez menos interessa as opiniões dos doutos comentadores das televisões e jornais e até as destes bloguistas do Luminária. Valem o que valem. O que interessa é que cada vez mais cada um possa pensar e decidir pela sua cabeça. E se a opinião dos outros, doutos ou não, serviu para refazer ou fazer a nossa opinião, então já valeu a pena. Melhor do que aprender com os próprios erros, é aprender com os erros dos outros. Nem que sejam meramente erros de raciocínio.
Com todas as virtudes e defeitos que isto da democracia tem. Mas é melhor uma má democracia de que qualquer ditadura.
Mas lembre-se Abel que os tais comentadores e quaisquer outros (políticos incluídos) só têm importância se alguém lha der. Agora o problema é que quando nós lhes damos alguma importância e eles julgam que são mesmo importantes.
E pior ainda - quando estes "palhaços" com a importância que a gente lhes dá somada com a que julgam que têm, atingem cargos com poder e nos fornicam a todos...


Comentar post

DESTAQUE DO MÊS
14_04_botão_CUS
MARCADORES

todas as tags

CONTACTO

Email - Blogue LUMINÁRIA

ARQUIVO

Junho 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Online
RSS
blogs SAPO