6 comentários:
De Babuíno a 30 de Setembro de 2009 às 16:37
Pelas citações que lemos, ficamos a saber que existem em Portugal muitos intelectuais que discordam do discurso do Presidente da Republica.
Ainda bem que quem manda é o povo, e foi ele que decidiu continuar a votar em Socrates, quando esses mesmo intelectuais o criticavam constantemente, e é o Povo que vai julgar as palavras acções do PR. Esse povo que não têm direito a citações em Blogs, nem tempo de antena das televisões, pois por causa de "fazedores de opinião", comentadores profissionais e intelectuais o POVO já pouca voz tem.
Resta-lhe o voto, e esse vai de encontro á douta opinião destes senhores.

PS :) Deve ter faltado a electricidade, nas instalações do PS, na primeira parte do discurso, quando o PR falou dos membros do partido do Governo, que tentaram colar o PR ao PSD, pois o PS fez de conta que não ouviu....

Abel


De Zé das Esquinas o Lisboeta a 30 de Setembro de 2009 às 19:29
Olá Abel. Isso do POVO não ter voz e ter pouco acesso a televisão e blogs, permito-me discordar.
Primeiro a televisão que veio globalisar a informação e agora a internet e os blogs vieram precisamente dar a voz ao tal POVO que não se conseguia fazer ouvir...
Espero que não esteja a pensar que POVO é sinónimo de analfabetismo, iletracia ou pacóvio...
E ainda existem outras soluções que o POVO tem para dar a volta ao texto, para além do voto, mas essas só lhe posso dizer ao ouvido...
E esse Post Scritum final que escreveu abreviado, deve-lhe ter custado... Mas não é preciso colar o PR ao PSD. Ele é do PSD, não conseguiu é ser PR.


De Babuíno a 30 de Setembro de 2009 às 21:52
Estava no trabalho a escrever à pressa e não me fiz entender.
Já agora parabéns pelo blog, embora não concorde com muito do que aqui vejo e leio, ver o Presidente da Republica Portuguesa, "disfarçado" de palhaço é um insulto não só ao próprio mas a toda a gente que votou nele e foram muitos.

Agora em relação ao que eu queria escrever...
Ao ler todas estas citações de tão ilustres personagens lembrei-me de que no fim das declarações do PR estavam em todas as televisões os "comentadores profissionais" que nos dizem o que pensar, que opinião devemos ter e como a devemos sustentar. E como eles nos fazem sempre querer que nós somos o pior povo do mundo e com os piores governantes, isto coloca-nos à beira do precipício e então o resto que se houve e lê são ecos dos "donos da verdade".

Mas nas urnas é o povo que manda, aquele povo que está desempregado, que é explorado, que quando é pago é mal pago, que não tem direito a saúde, não tem direito a educação, que vê as "classes" (médicos, professores, enfermeiros, juízes, etc etc ) a defender o seu umbigo sem querer saber nenhuma de quanto isso vais custar ao país. Mas o Povo quando vai votar já não vai em cantigas nem em penteados estranhos no Jornal da TVI, e embora as coisas estivessem muito mal, voltou a votar no "mal amado" Eng. Socrates porque isso é o melhor para o país e já nas eleições presidenciais, contra a corrente de "pensadores" e intelectuais tinha colocado Cavaco Silva na presidência.

Pelo menos dêem ao povo o direito à opinião, á sua opinião...

O que interessa ao POVO o que o João Marcelino, director do Diário de Notícias ou o Miguel Sousa Tavares pensa sobre as declarações do PR ????

Abraço
Abel


De DD a 30 de Setembro de 2009 às 23:36
Não é bem o povo desempregado que decide nas urnas porque rondam os 9% em Portugal. Os restantes 91% têm mais peso e, de algum modo, ainda bem. Melhor fora que os restantes fossem 99,9%.

De qualquer modo, o problema não se resolve com palavras e, menos ainda, com políticas. Repare-se que toda a Europa menos quatro nações votou à direita e os de esquerda são os socialistas e trabalhistas considerados de direita pela extrema-esquerda. O povo europeu sabe que necessita de boas empresas para ter empregos e não de medidas legislativas que mais não são que papel.


De rosa a 1 de Outubro de 2009 às 01:08
Sr. Abel
Será que o senhor em pleno século XXI ainda pensa desta maneira?
Assim não é possível , que diabo, então povo só são esses?
Sinceramente................


De Zé das Esquinas o Lisboeta a 1 de Outubro de 2009 às 11:04
Quanto ao acessório:
-Há quem veja um PR disfarçado de palhaço e há quem veja um palhaço disfarçado de PR .
Não, não é a mesma coisa.
- Uma boa mulher não é o mesmo que uma mulher boa...
Claro que a mim também me entristece estas brincadeiras com a nobre profissão de palhaço e a não menos nobre função de PR . Sim que profissão e função também não é a mesma coisa...
E concordo consigo que cada vez menos interessa as opiniões dos doutos comentadores das televisões e jornais e até as destes bloguistas do Luminária. Valem o que valem. O que interessa é que cada vez mais cada um possa pensar e decidir pela sua cabeça. E se a opinião dos outros, doutos ou não, serviu para refazer ou fazer a nossa opinião, então já valeu a pena. Melhor do que aprender com os próprios erros, é aprender com os erros dos outros. Nem que sejam meramente erros de raciocínio.
Com todas as virtudes e defeitos que isto da democracia tem. Mas é melhor uma má democracia de que qualquer ditadura.
Mas lembre-se Abel que os tais comentadores e quaisquer outros (políticos incluídos) só têm importância se alguém lha der. Agora o problema é que quando nós lhes damos alguma importância e eles julgam que são mesmo importantes.
E pior ainda - quando estes "palhaços" com a importância que a gente lhes dá somada com a que julgam que têm, atingem cargos com poder e nos fornicam a todos...


Comentar post