2 comentários:
De Ressentido a 22 de Novembro de 2009 às 08:54
Se quiserem saber mais façam um exercício -que sei impossível para 99,99% dos tugas classe média (não teriam coragem de sair à rua)- que consiste em PARECER POBRE durante 7 dias. Depois podem escrever um livro. Tereis assunto garantido.


De Ressentido a 22 de Novembro de 2009 às 08:46
Tenho 50 anos e nunca trabalhei. Modéstia à parte, na juventude, era um pequeno milagre de intuição e talento mas também algo excêntrico de aspecto. Sendo honesto e tomando banho regularmente achei que a mais não era obrigado e se por mor do meu aspecto não era aceite, escolhi ser excluído social. Foi duro mas aprendi muito sobre os "brandos costumes" dos portugueses por isso hoje não tenho um pingo de pena da situação do país. Mas não é só não ter pena, não moveria uma palha, mesmo que pudesse. Neste momento na posse de bens imóveis consideráveis por mor de herança apenas espero que a economia recupere para poder converter os referidos bens em dinheiro e emigrar para um país onde possa ser útil. A uma acção corresponde normalmente um efeito. É feio guardar rancores mas também tenho os meus defeitos. Excluiem e discriminam tendo por base critérios mesquinhos. Têem o país que merecem!


Comentar post