1 comentário:
De Contentores de Alcantara a 25 de Novembro de 2009 às 16:44
Acordo à Vista?

Resolução de mais uma contenda em Lisboa
PÚBLICO (arquivo).

“O presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, anunciou na primeira reunião da assembleia municipal deste mandato que apresenta esta quarta-feira, na reunião do executivo, uma proposta de acordo relativa à ampliação do terminal de contentores de Alcântara.

Os bares poderão ter de mudar de lugar durante as obras de alargamento do terminal

Da proposta faz a parte a criação de uma praça entre a gare marítima de Alcântara e o rio, bem como a fixação de uma altura máxima para o empilhamento de contentores.

"Vamos criar restrições acrescidas ao tráfego de veículos pesados", anunciou o autarca, numa referência ao escoamento das mercadorias dos contentores, que deverá realizar-se em grande parte com recurso a barcaças e por via ferroviária. Esta última opção implica um desnivelamento da linha férrea que, tal como as restantes obras, ficará dependente dos resultados de um estudo de impacte ambiental.

Quanto aos bares, poderão ter de mudar provisoriamente de localização enquanto as obras de alargamento do terminal de contentores decorrerem, mas têm a garantia de voltar a ocupar as antigas instalações nas Docas.

O movimento cívico encabeçado por Miguel Sousa Tavares, Lisboa, Tejo e Tudo, congratulou-se com os termos deste acordo, que é fruto de negociações não só com ele como com a administração portuária e a concessionária do terminal, a Liscont, do grupo Mota-Eng”.


Comentar post