De Lumiarense a 18 de Maio de 2009 às 16:06
Não é sério estar a apelidar de "pide" a um deputado, por maiores divergências que se tenha com ele. Afinal a democracia é tolerante...
Para além disso, ainda me vou rir do DD quando lá mais para a frente ele vier aqui "postar" sobre uma eventual coligação do PS com o CDS/PP.


De DD a 18 de Maio de 2009 às 17:15
O adjectivo Pide tem a ver com as atitudes pidescas de interrogatórios com o objectivo político de acusar alguém e não de averiguar a verdade. Acusar para obter dididendos políticos que é o que fazia a PIDE.
É anti-democrático interrogar seja quem for quanto a conversas privadas.
O Ministro da Justiça disse que desconhece em absoluto se o seu nome foi citado e em que circunstâncias.
Quanto a uma coligação PS/CDS não parece provável, mas se existem atitudes pidescas da parte de Nuno Melo não há partidos leprosos. Com o PS não haverá atitudes pidescas, seja em que coligação for.
Na verdade, só o CDS assumiu que pode fazer uma coligação com o PS. Espero que isso não se concretize.
A Manuela F. Leite empenhou a sua palavra no sentido de que nunca fará uma coligação bloco central e os dois partidos mais à esquerda não se cansam de afirmar que não pretendem fazer coligações com o PS.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres