De Izanagi a 22 de Dezembro de 2009 às 00:24
“O homem não sabe que Marrocos exporta cenouras, cebolas, feijão, etc. a preços que impedem os agricultores portugueses de produzirem e venderem.”
Porque será que os nossos vizinhos agricultores espanhóis não ficam impedidos E não só investiram em Espanha como compraram grandes propriedades em Portugal, para trabalharem a terra, quer na produção de produtos frescos, quer na exploração da olivicultura e outras explorações arbóreas e curiosamente receberam menos subsídios que os agricultores portugueses?
Seria também interessante que DD explicasse quem, no quadro que apresenta, vai comprar os tais produtos cuja produção foi deslocalizada para países onde a classe trabalhadora (entre 80 a 90% da população) não tem poder de compra e com a falência da classe média europeia, americana e asiática (Coreia, Taiwan, Japão, Austrália) o que vai acontecer a esses produtos e a esses capitalistas?
Ficamos a aguardar a resposta que concerteza terá.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres