2 comentários:
De Izanagi a 23 de Dezembro de 2009 às 20:40
Eliminar a independência do Banco Europeu face ao poder político?
Mal estaríamos, sabendo como sabemos que o poder político na UE é dominado por 2 países: Alemanha e França

"uma reformulação profunda do Pacto de Estabilidade e Crescimento"
Seria, à semelhança do que acontece na política nacional, a desresponsabilização total dos gastos públicos. Está-se mesmo a ver que os principais países financiadores da UR estariam totalmente disponíveis, para "sacar" dinheiro aos seus cidadãos e distribui-lo por países como o nosso.

"medidas excepcionais para reequilibrar as suas contas com o exterior em caso de acumulação perigosa de dívida externa"
E porque não medidas excepcionais para evitar a acumulação perigosa da dívida externa? Não seria mais coerente? Alguém acredita que a UE vai possibilitar a existência de dois tipos de cidadãos: uns que gastam á tripa forra com todos a pagar e uns que gastam em função somente das disponibilidades.

Este João Ferreira do Amaral, não é só irresponsável, é um lírico (no mau sentido do termo).
Haja pachorra!!


De Izanagi a 23 de Dezembro de 2009 às 20:43
Onde se lê : UR deve ler-se EU
Onde se lê : Mais coerente
Deve ler-se:
Mais coerente criar medidas que evitassem a acumulação perigosa da dívida externa?


Comentar post