13 comentários:
De O + importante a 14 de Fevereiro de 2010 às 20:11
O mais importante é que, conforme foi, apresentado pelo chefe da divisão de matas da autarquia, João Castro, o estudo prévio prevê a instalação de um parque infantil, de um quiosque que inclui casas de banho publicas e com esplanada e de uma área dedicada à fruição infantil e juvenil, adequada a bicicletas e patins será lançado o projecto a concurso de execução das obras em Setembro do corrente ano e no próximo ter a obra pronta., disse Sá Fernandes, na sequência da pergunta feita por um dos moradores.


De rosa a 15 de Fevereiro de 2010 às 18:17
O + importante
Tem graça para mim foi bom sair da gaveta este estudo que tem quase um ano e finalmente a recuperação do seu património, talvez a possibilidade da saída daquela rede e assim o jardim poderá ser um todo.
Os passeios arranjados, finalmente utentes de todas as idades poderão usufruir do referido espaço.....mas para o ano 2012?????
Mas quiosque com esplanada para ter sanitários?
Por favor agora tudo o que é espaço verde tem de ter quiosque, não será falta de imaginação?
Parque infantil no lugar proposto?
Já reparou o que pretendem colocar numa pequena superfície ou seja paralela a rua Jorge de Sena?
Quanto a reconstrução do que foi vandalizado está lá no plano?''??? ....eu não vi , nem ouvi os responsáveis afirmarem.
Talvez eu tenha estado distraída
Mas uma coisa é certa para este vereador os quiosque passaram a ser a sua assinatura.
Tenho pena que recuperações de espaços verdes sejam feitos assim.


De Anónimo a 12 de Fevereiro de 2010 às 19:36
Cara Rosa e caro comentador É a Vida!

Existe melhor divulgação de um assunto do que o boca a boca, o passa a palavra, o comentário entre amigos.
Para além das informações divulgadas nas vitrines da Junta pela freguesia, nos cafés...
Distribuir nas caixas do correio da freguesia no momento em que o dinheiro publico, nosso dinheiro é escasso.
O importante é que, nós que estávamos, colocámos as nossas questões para um local que muito é querido na freguesia.
Apoiem o enorme trabalho da Junta de Freguesia neste assunto que é apenas para o bem da Freguesia.


De É a vida... a 12 de Fevereiro de 2010 às 14:58
Tem toda a razão a comentadora “Rosa”, o tema merecia que tivesse sido feita outra divulgação.
A Junta de Freguesia continua a estar ausente do terreno, desligada das populações e inerte.

Outra fora a composição do executivo que tal se não verificaria, mas outros interesses pessoais e partidários mais altos se levantaram e o resultado é o que temos, mais do mesmo.

É a vida...


De Zé das Esquinas o Lisboeta a 12 de Fevereiro de 2010 às 17:09
É mas é a 'morte'.
Porque para ser a 'vida' tinha de ser a p___* da vida.


De Cidadania a 12 de Fevereiro de 2010 às 09:49
Foi um debate animado onde depois de feita a apresentação do Estudo Prévio foram apontadas algumas sugestões de alterações por parte da população ficando, ainda, em aberto outros encontros.

Foi dada informação, por parte do vereador, que alguns trabalhos, no âmbito do Plano Verde do Vale da Ameixoeira, iriam ter inicio. Este assunto será, tambem, oportunamente, motivo de debate público.


De rosa a 12 de Fevereiro de 2010 às 14:42
O debate seria sim muito melhor se os residentes tivessem sido devidamente informados.
Certamente muitos moradores estariam presentes. Se houve a presença de alguns foi porque a mensagem foi passada oralmente.
Um comunicado na caixa do correio ,porque não?


De Canudos a 11 de Fevereiro de 2010 às 16:35
Se não é Dr. é Eng.º se não for Eng.º será arquitecto, se não for Arq. haverá de ser musico.

O que ele não pode ser, é só vereador, isso é redutor e a sociedade portuguesa não se compadece com tal falta.

E agora que fechou a Independente para onde mandaríamos nós o homem para tirar um canudozito ?


De Zé das Esquinas o Lisboeta a 11 de Fevereiro de 2010 às 16:47
Ainda há muito vassalo nesta república.


De rosa a 12 de Fevereiro de 2010 às 01:39
Vassalos????
E.....
Zé das esquinas
O Zé faz falta.
Não haverá muitos Zés????
Bom Carnaval amigo.
O Carnaval de Torres Vedras não é mau


De Zé das Esquinas o Lisboeta a 11 de Fevereiro de 2010 às 14:48
Ó amigo permita-me dizer-lhe que o debate é com o vereador José Sá Fernandes, não tem nada a ver com o Dr.


De Trauma a 12 de Fevereiro de 2010 às 09:52
Será que a pessoa porque exerce as funções de vereador perdeu o título académico?
Já lá vai o tempo, felizmente, em que o título de Dr. vinha ssociado a mordomias injustificadas.


De Zé das Esquinas o Lisboeta a 12 de Fevereiro de 2010 às 11:00
Não, não perdeu o título académico.
O que não vinha era a propósito de Dr. quando o senhor ía fora das funções do seu grau académico.
Isto é, ele não ía falar como advogado ía como vereador da CML para o que tanto fazia ele ser Dr., Engº., carapinteiro, bancário ou outra nobre profissão qualquer. Entendido o meu comentário?


Comentar post