Sábado, 6 de Março de 2010

 

            Pelo que se pode ler no Expresso, há um complô político para derrubar Sócrates entre os magistrados do processo Freeport e o jornal do velho Balsemão.

            O título do jornal do velho é nojento “PJ em Londres para Investigar novas pistas contra Sócrates”.

            Depois, o jornalista Micael Pereira, ou quem encomendou a peça, quer fazer dos leitores estúpidos ao escrever: “O regresso a Londres ainda este mês, para uma ronda final de inquirições a cidadãos ingleses, vai ser determinante para a equipa de inspectores e procuradores dedicados a tempo inteiro ao “processo Freeport” decidir em definitivo o que fazer em relação a José Sócrates: deixá-lo de lado ou propor ao PGR uma investigação directa ao PM, incluindo as suas contas bancárias”.

            Ora, qualquer analfabeto sabe que a PJ não tem poderes para inquirir em Londres cidadãos ingleses. Só mesmo uma besta é que podia encomendar tal peça.

            Para além disso, é oficial que o “Serious Fraud Office” e a Polícia Londrina encerraram o processo da parte deles depois de fornecerem milhares de perícias aos magistrados portugueses, nas quais nada foi encontrado contra Sócrates.

            Segundo os jornais, os procuradores Faria, Magalhães e companhia têm entre mãos mais de sete mil perícias que não lhes dão a pista política que querem obter. O objectivo é único, lixar o Sócrates e para isso trabalho há mais de seis anpos.

            Para não fechar o processo e perder desonestamente, os magistrados enviaram cartas rogatórias a muitas autoridades judiciais de países com “offshores” na esperança infantil que haja uma resposta incriminatória contra Sócrates.

            A maior parte desses países têm nas respectivas legislações o mais absoluto segredo bancário, pelo que nem as suas autoridades judiciais podem penetrar nele, pois é o modo de vida das “Ilhas Virgens” , Gibraltar e muitos outros países.

            Os magistrados sabem que não terão resposta, mas as cartas rogatórias permitem dilatar indefinidamente o processo no tempo. Há centenas de “offshores” por toda a parte, pelo que daqui a dez anos ainda podem estar a mandar cartas rogatórias. Trata-se da confirmação do que disse Marinho Pinto, muitos magistrados estão interessados em derrubar Sócrates e o PS, mesmo sem que haja alternativas e com a certeza que aquilo que lhes causou tanta raiva, a redução dos três meses de férias, é capaz de não ser reposto por qualquer outro governo.

            Neste momento o que conta é manter a saga do Freeport para ir destruindo o PM aos poucos e abrir caminho para alguém que não sabemos quem será, mas talvez os magistrados saibam.

              Enquanto militante do PS fui da Margem Esquerda, mas perante tantos ataques cobardes contra o nosso camarada Sócrates e o PS não posso deixar de me empenhar totalmente na sua defesa, enquanto a justiça não apresentar uma prova indiscutível de qualquer culpa de Sócrates.

              As investigações por parte da PJ iniciaram-se em Outubro de 2004 após a recepção de uma dita carta banónima esvcrita pelo chefe de gabinete de Santana Lopes, um agente da Pide, perdão PJ, e um jornalista. No próximo mês de Outubro são seis anos de processo sem que as bestas nada tenham apurado algo contra Sócrates.

               Estou farto dessas BESTAS.

 



Publicado por DD às 17:25 | link do post | comentar

1 comentário:
De assis a 6 de Março de 2010 às 18:36
mais do que tudo o que escreve no post , é importante salientar que a notícia é plantada na mesma semana em que a titular do processo diz que sócrates não vai ser arguído no processo. ou seja, a notícia vem demonstrar a existência de pessoas na investigação guiadas apenas por intuitos políticos. por outro lado, uma fonte do processo vem desmentir a notícia do expresso, o que indica que a fonte do expresso não está contente com o desfecho do processo e quer colocá-lo na praça pública.


Comentar post

MARCADORES

administração pública

alternativas

ambiente

análise

austeridade

autarquias

banca

bancocracia

bancos

bangsters

capitalismo

cavaco silva

cidadania

classe média

comunicação social

corrupção

crime

crise

crise?

cultura

democracia

desemprego

desgoverno

desigualdade

direita

direitos

direitos humanos

ditadura

dívida

economia

educação

eleições

empresas

esquerda

estado

estado social

estado-capturado

euro

europa

exploração

fascismo

finança

fisco

globalização

governo

grécia

humor

impostos

interesses obscuros

internacional

jornalismo

justiça

legislação

legislativas

liberdade

lisboa

lobbies

manifestação

manipulação

medo

mercados

mfl

mídia

multinacionais

neoliberal

offshores

oligarquia

orçamento

parlamento

partido socialista

partidos

pobreza

poder

política

politica

políticos

portugal

precariedade

presidente da república

privados

privatização

privatizações

propaganda

ps

psd

público

saúde

segurança

sindicalismo

soberania

sociedade

sócrates

solidariedade

trabalhadores

trabalho

transnacionais

transparência

troika

união europeia

valores

todas as tags

ARQUIVO

Novembro 2019

Junho 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Online
RSS