Bónus e prémios escandalosos
REN corta bónus mas Penedos ainda pode ganhar prémio

Penedos foi suspenso de funções pelo tribunal pelo alegado envolvimento no Caso Face Oculta

 

Os accionistas públicos da REN decidiram esta manhã, na Assembleia-geral, cortar para metade os bónus pagos aos gestores da empresa. A maior polémica prende-se, no entanto, com o possível pagamento de um prémio, pelo seu desempenho em 2009, a José Penedos, suspenso de funções pelo tribunal pelo envolvimento no caso Face Oculta.

 

Até agora, os prémios pagos aos gestores da REN tinham como tecto máximo o equivalente a 12 salários (!!!), mas esse tecto passa agora para seis (!!). A medida contou, no entanto, com a oposição dos accionistas privados da empresa, disse o novo presidente da REN, Rui Cartaxo, à Lusa. Recorde-se que a REN é controlada pelo Estado em 51,1% (3,9% através da Parpública e 46% da Capitalpor, detida por sua vez pela Parpública, e ainda 1,2% através da Caixa Geral de Depósitos).

Rui Cartaxo confirmado como presidente da REN

 

Os accionistas privados da empresa consideram que não deveriam ser pagos bónus e a razão é simples:

«Em 2009, o conselho executivo, na altura liderado por José Penedos, não soube antecipar os problemas mais conhecidos por Face Oculta. Em consequência nós votamos contra qualquer atribuição de bónus, independentemente dos resultados da empresa», disse à Lusa Filipe de Botton, da Logoenergia (que detém 8,4% da REN).

«Um conselho executivo que não soube antecipar os problemas da Face Oculta não merece qualquer tipo de bónus, reduzido a 50% ou qualquer um. É zero!», disse Filipe de Botton. «Achamos que é uma pouca-vergonha, mas penso que o conselho executivo em funções, independentemente da proposta da Parpública, irá abdicar do prémio», completou.

 

Parpública diz que nenhum prémio foi aprovado

Em reacção às declarações de Filipe de Botton, a Parpública nega «que a Comissão de Vencimentos ou a Assembleia-Geral da REN, hoje realizada, tenha aprovado qualquer prémio referente ao exercício de 2009».

Mas isto não quer dizer que Penedos não vá receber qualquer prémio. Ele ainda não foi aprovado, mas também não está afastado. É que cabe à Comissão de Vencimentos a decisão sobre os prémios a pagar, relativos a 2009.

A empresa confirma duas alterações à política de vencimentos, por proposta da Comissão de Vencimentos: a redução do tecto máximo dos bónus de 12 para 6 salários e o diferimento de 50% do prémio paro o final do ano subsequente ao termo do mandato, isto caso seja devido prémio.

«Naturalmente, nesta matéria, não deixará de se dar cumprimento à norma aprovada pelo Parlamento, no contexto do Orçamento do Estado, e, para efeitos de avaliação do desempenho, durante 2010 não se procederá à retribuição dos gestores com remunerações variáveis de desempenho», conclui a Parpública.

- por Redacção PGM , 2010.03.15 Agência Financeira



Publicado por Xa2 às 13:05 de 16.03.10 | link do post | comentar |

14 comentários:
De a.soares a 17 de Abril de 2010 às 16:48
que qualidades tem os individuos que ocupam cargos em empresas com posiçao dominante e que na maior parte sao monopolios. que vivem parasitando o estado.


De profissões especiais... Piloto da TAP a 17 de Março de 2010 às 12:04
pilotos da TAP
a gozar com a minha cara...!!!!!

NOTA: Apenas me limito a repassar este mail para v/informação conforme o recebi, os comentários não são óbviamente da minha autoria nem reflectem a minha opnião.

[Seguem aqui as tabelas que explicam os motivos de Greve dos pilotos da TAP.]

Os trabalhadores de Terra da TAP aceitaram os 1,8% de aumento; os pilotos acham um insulto esse aumento!

Para quem não sabe as tabelas indicam o seguinte:

- apresentam o valor actual; o proposto pela TAP (muito acima dos 1,8%) e o que eles pedem.
- a 1a tabela é o vencimento base (ordenado)
- 2a tabela (VE) são as horas extraordinarias (se um voo se atrasa, começam a ganhar)
- 3a tabela (VS) são anuidades (multiplica pelo nr de anos que estão na TAP)
- 4a tabela (subsidio complementar) é o valor que ganham por aterragem (seria o mesmo que voces ganharem por ligar o Computador, visto que o trabalho deles supostamente é Aterrar!)
- 5a tabela são as ajudas de custo

No total eles pedem 8% de aumento.
O país está em contenção, congelamento de salários, Crise... e os pilotos dizem que com salários (base) de 5800 EUROS perdem o poder de compra!

Os 6 dias greve na Pascoa vão dar mau nome à companhia e transtornar as ferias e os planos de muitos passageiros que já pagaram bilhetes!


De Zé das Esquinas o Lisboeta a 17 de Março de 2010 às 12:46
"Quem precisa dos pilotos da TAP?"
campanha de uma companhis de low cost a operar em Portugal.


De "otários" e Ladrões. a 16 de Março de 2010 às 16:54
Pagar impostos não creio seja ser "otários ", tal epíteto só se pode admitir nas presentes circunstancias, em que o sistema judicial não funcionam como não funcionam os mecanismos fiscais que estão a coberto de corruptos e suas manigâncias .
Os exemplos deveriam vir da Assembleia da República , enquanto "casa da democracia" que não segue o exemplo dos eleitos na Suécia. Nesse país ninguém se apelida de otário " por pagar altos impostos, assumem e todos se sentem obrigados a cumprir com o Contrato Social", no normal exercício de cidadania.
Por cá o rega-bofe começa na propria AR e o povo é manso.


De Zé das Esquinas o Lisboeta a 16 de Março de 2010 às 17:03
o-tá-rio
Diz-se, popularmente, de pessoas que se deixam enganar facilmente
[http://pt.wiktionary.org/wiki/ot%C3%A1rio]


De Ressaca a 16 de Março de 2010 às 17:11
E na Suécia os medíocres ' e 'gajos' sem currículo vão para administradores de empresas públicas com ordenados 5 a 10 vezes mais que a primeira figura da nação? E têm bónus de 12 x os seus ordenados? E ainda quando saiem por livre vontade dos cargos públicos recebem chorudas indemnizações ? E só mais uma, e quando deixam os cargos de estado, ministros e secretários de estado, vão para administração das empresas com quem andaram a negociar nas suas funções de estado?
Quer que eu pergunte mais sobre 'como é na Suécia'?


De Izanagi a 16 de Março de 2010 às 19:07
Sobre os deputados suecos podem ligar a
http://www.youtube.com/watch?v=ZxruR3Q-c7E


A diferença entre um país pobre e um país rico.
Qual o rico? Adivinhem


De Izanagi a 16 de Março de 2010 às 16:26
As grandes empresas do sector privado em Portugal, obtêm os lucros quase sempre em resultado ou de explorarem o Estado (veja-se as derrapagens nos custos das obras públicas, cujo total, neste últimos 20 anos não deve ser inferior á dívida pública portuguesa) ou de uma situação de monopólio, concedido e mantido pelo Estado.
Em consequência, é fácil a essas administrações obterem lucros, independentemente de quem esteja no Conselho de Administração. Logo, os salários que auferem não têm o mínimo de justificação e os accionistas deveriam por cobro a essas obscenidades. Seguramente que conseguiriam os mesmo lucros com um dispêndio substancialmente inferior em termos de remunerações com o Conselho de Administração.
O que se passa com o sector privado, por maioria de razões se passa com as empresas públicas, onde não é admissível haver administradores com remunerações superiores á do Presidente da República.
Mas as remunerações injustas, por excessivamente elevadas não acontecem só nas grandes empresas. O mesmo se passa com médias e pequenas empresas, onde há gerentes e outros sócios come elevadíssimas remunerações, que recebem religiosamente todos os meses, mas o mesmo já não acontece com os trabalhadores (apesar de serem quase sempre pagos pelo salário mínimo ou por aí) e com o fisco e a segurança social.
Tudo isto é suportado por uma classe de otários, onde me incluo que também pontualmente pagam os seus impostos.


De Zé das Esquinas o Lisboeta a 16 de Março de 2010 às 16:43
Olá otário. Daqui está outro otário.
O que diz é mesmo isso. Só que julgo que as remunerações e bónus não são para compensar o trabalho e os bons resultados que são obtidos nas empresas onde estão.
São pois, certamente, para pagar outro tipo de coisas, o quê não sei, mas penso que alguém me poderá esclarecer se puderem e quiserem.
Mas já alguém viu estes assuntos reflectidos e previstos no 'tal' PEC ?


De Ressaca a 16 de Março de 2010 às 15:57
Estou à espera de comentários justificativos destes 'prémios' e remunerações aos gestores públicos por alguns dos postantes e habituais comentadores neste blogue. E se possível que nos digam ainda onde devem os portugueses comuns 'meter' o PEC que vai ser apresentado (negociado?) na AR... Fico à espera.


De Rapina a 16 de Março de 2010 às 15:34
É escandaloso e no caso da PT, segundo foi divulgado e ainda não desmentido, um rapazola receberá 1,5 Milhões de Euros. Quantos subsídios de desemprego daria ou pensões de sobrevivência?

Embora os gestores publicos não sejam todos diamantes, há-os dourados, de prata, de bronze e ... de lata, alguns nem a preço de técnicas de limpeza mereciam ser pagos quanto mais receberem chorudos bónus ou despesas de representação como sejam os:
Da REN
Da PT
Da Galp
Da EPUL
Da GEBALIS
Da EPAL
Da TAP
Da ANA
Da EDP
Da CP
Da REFER
Da EMEF
Da Carris
Da Metro
Da CTT
Da CGD


De E nas outras empresas ''Públicas''?!! a 16 de Março de 2010 às 14:38
O caso da REN é escândalo

Bem sei que não foram ainda aprovadas as benesses para os corpos sociais relativos a 2009. Bem sei que a atribuição ainda vai à comissão de remunerações. mas deve ser um pró forma.

Mas existiu um facto. O sector Estado, via Parpública, fez uma proposta para limitar esses bónus no máximo a 6 meses de ordenados.
E no que se refere a 2009, o sector privado da REN entende que o desempenho não justifica qualquer distribuição de bónus e por isso votou contra. Foi isso que ouvi de Filipe Botton.

Mas a proposta de princípios do Estado é um escândalo.
Na actual conjuntura em que foi decretado o apertar do cinto há alguma ética avançar-se com esta proposta?

A penalização é para 6 meses, quanto é que não seria antes?

# posted by Joao Abel de Freitas, 15.3.2010 PuxaPalavra


De Bóis de élite ... a 16 de Março de 2010 às 14:32
Como é bom ser boy!
Por Sergio Silva 2010-03-15 19:30

Se estou a perceber bem, este pessoal devia receber 24 salarios (de gestor/administrador) por ano mais sub.férias e 13º mês (este não sei se estava englobado nos 24)
Como vêm bom Português votante para esta gente não falta dinheiro, empresas públicas dá milhões. Quem for para lá gerir é sinónimo de ter ganho o Euromilhões. E se ainda praticar algum acto ilicito,ou contra o bom nome da empresa ainda ganha mais bónus.
Vá lá, deitem nas próximas eleições neste 1º e neste PS, porque pode ser que um dia vão parar a uma empresa como esta e saiem de lá milionários e escusam de gastar dinheiro todas as semanas no euromilhões.

o crime compensa
Por maria antunes 2010-03-15 16:55

Neste país o criminoso é um herói.
Os gestores das Empresas Públicas deviam receber prémios como os funcionários do Estado.

Vão para gestores aqueles senhores que ainda usam fralda, sem experiência para gerir mas sim para estorquir, mas são os amigos !!!


De Vergonhoso !... a 16 de Março de 2010 às 14:35
Simplesmente vergonhoso!...
Por Armindo Antunes 2010-03-15 22:35

Esta rapaziada está a precisar de uma vassourada!... Depois dos péssimos serviços prestados ainda levam estas gratificações.
Para onde é que estes cavalheiros conduzem este pobre país.
Estarão a rir-se de nós ou para nós?....
Tenham vergonha seus miseráveis.

MAIS DO MESMO!
Por carlos silva 2010-03-15 19:39

lá voltamos nós. o governo foi eleito pela maioria. é legal. para a próxima pensem bem antes de colocar a cruzinha. é que depois reclamar não vale de nada.


Comentar post

DESTAQUE DO MÊS
14_04_botão_CUS
MARCADORES

todas as tags

CONTACTO

Email - Blogue LUMINÁRIA

ARQUIVO

Novembro 2019

Junho 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Online
RSS
blogs SAPO