De Público a 21 de Abril de 2010 às 18:18
"Com 97 votos a favor, todos do PS, e 97 votos contra, dos deputados do PSD e do BE, a votação do despacho que autoriza o pagamento das viagens a Paris da deputada do PS Inês de Medeiros empatou."

Será que os militantes do PS se revêm no sentido de voto que os deputados do PS optararm?


De Zé das Esquinas o Lisboeta a 22 de Abril de 2010 às 15:14
É muito fácil gastar em benefício seu ou dos seus o que não lhes custa a ganhar.
Não têm idoneidade estes nossos representantes.
Mas não temos muitos outros que com casa em Lisboa, mantêm como primeira residência uma outra circulos eleitorais distantes ou de onde são de origem, para terem direito ao subsídio?
Pode ser tudo "lêgal" mas parece mais habilidades dinas de artistas de circo do que de deputados da nação.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres