Mais do mesmo...

Ainda mal recolheu a procissão da agitação interna na tentativa, que se espera não seja vã, do arrumar da casa social-democrata, vêm aí as eleições internas das estruturas “inferiores” do PS ou seja, o que designam de secções e concelhias.

No caso da estrutura da capital, tudo indica, perfilam-se três candidatos; um dito do aparelho máximo do partido, Paulo Figueiredo, que já foi assessor de José Socrates, outro, Carlos Freire, que dizem (á boca pequena) ser o candidato da sucessão no poder instituído em Lisboa e um terceiro, Antonio Brotas, a valer por si próprio e pouco ou nada contará no esgrimir de espingardas aparelhisticos.

Os socialistas vêm, já há algum tempo, sendo chamados à participação na vida interna da sua/deles agremiação politica, embora, alguns já se não coíbam de dizer, recatadamente, que “para tais peditórios já dei” e que as atitudes de grande parte daqueles que actuam como sendo donos destas organizações ditas democráticas e onde todos se deveriam sentir como iguais, inter-pares, acabam por envergonhar quem queira, de boa fé, “intrometer-se” nas lides partidárias. Naturalmente que os demissionários não deixam de ter, apesar de tudo, algumas culpas no cartório.

Por outro lado, mesmo envolvendo bastante gente (é certo que mais de metade depois de eleitos nunca mais aparecem mas exibem o titulo) os lugares não chegam para todos. Em Lisboa cada candidatura pode apresentar 122 nomes sendo 61 efectivos e outros tantos suplentes. No caso soma 366 sortudos.

Como os lugares a ocupar, na respectiva comissão politica, é feito segundo o método de Hondt, há candidaturas que sabendo não ganhar se esforçam para conseguir alguns lugares.

Propostas? Sobre isso e a avaliar pelo que se conhece até agora tudo indica manter-se um vazio de ideias quase confrangedor.

Práticas? A cultura democrática uniformizou-se e tanto quanto se saiba ainda não foram publicadas novas cartilhas que cheguem ao entendimento das actuais gerações de eleitos partidários.

Sem pretender ser bruxo ou adivinho quase poderíamos garantir que daqui a dois anos este texto se encontrará actualizado. Se nos tivermos enganado, com agrado, muito agrado mesmo, daremos as mãos à palmatória.



Publicado por Zé Pessoa às 08:34 de 22.04.10 | link do post | comentar |

15 comentários:
De Não, obrigados... a 23 de Abril de 2010 às 10:00
Mais uma sessão de fantochada, lambe-botas, palmadinhas e pavoneio de candidatos a cortesãos e cortesãs...

E quem paga/ pagará isto tudo? ...não há 'almoços grátis'...


De João Boavida a 23 de Abril de 2010 às 10:39
É uma opinião, sem duvida com toda a fundamentação necessária para que os leitores deste blog a possam avaliar.
Relativamente a quem pagará, foram as suas contribuições dos militantes e apoiantes que acreditam que o PS Lisboa tem de ter um programa participado e construido pelos militantes, um programa baseado em propostas politicas e ideais socialistas, um programa que não deite fora o que de bom foi feito e que melhore o que pode ser melhorado.
Para além disso, tudo foi feito com muita dedicação e trabalho voluntário de quem acredita que é preciso mais do que apenas falar sobre valores, e que a liderança deve ser feita através do exemplo.


De Saudações Socialistas a 23 de Abril de 2010 às 16:36
João B. e +Ambição/Lx,
votos de boa apresentação e parabéns pelo marketing ganhador.

Estaremos atentos às práticas e implementações para melhorar o PS Lisboa ...

Continue a visitar este blog


De militante a 23 de Abril de 2010 às 16:44
Sim sim e, para facilitar, pode pesquisar pelo
marcador «partido socialista» para conhecer muitas propostas, opiniões e críticas...


De . a 23 de Abril de 2010 às 18:32
--- Izanagi a 23 de Abril de 2010

Pergunto eu:
como é que os militantes socialistas inscritos no PS, o que é diferente de militantes inscritos no PS, permitiram serem representados por estas pessoas?
Como permitem serem identificados com estas políticas?


--- Poder e psico-sociologia das organiz. a 23 de Abril de 2010

«...Neste como noutros domínios, o PS não deixa os seus créditos liberais por mãos alheias.»

No PS existem várias 'correntes' e muitos grupos, sendo que
(embora o mais conhecido seja aquele que no momento detem o poder interno e...Secretariado Nacional, Deputados, Governo, ... ex-ministros e administradores - a ÉLITE - vermelha por fora verde por dentro, azul e dourado no pensamento...),

o maior grupo de todos é o dos ACÉFALOS-e-SEGUIDISTAS ... tal como noutros partidos e grandes organizações, dos clubes futebolísticos às ''obediências'' maçónicas ...

e as élites no poder têm fortes meios para cansar, enganar e convencer as massas...

de fora (do poder e das benesses...) ficam os grupitos e individuos que gostam de manter valores próprios e pensar ... (mas agem pouco).


De Violação Partidária a 30 de Abril de 2010 às 11:24
Arre que é demais !!

apresentações de candidato apoiantes e de livro, cartas e mais cartas, e-mails e-mails e-mails..., newsletters newsletters..., telefonemas, sms sms sms sms ...
de há meses até ao próprio dia de eleições !

isto ultrapassa campanha eleitoral concelhia, ultrapassa marketing político ...

isto é uso ABUSO invasão e MASSACRE dos militantes -
- não foi para ser constantemente (mais de 2x por dia ! ) que dei os meus contactos à FAUL !!!

Eu quero ser CONSULTADO e INFORMADO sobre o que se passa de importante relativamente ao meu partido...
mas NÃO ACEITO ser VIOLADO pela campanha de um candidato (ou + ) que teve acesso aos meus contactos.


Comentar post

DESTAQUE DO MÊS
14_04_botão_CUS
MARCADORES

todas as tags

CONTACTO

Email - Blogue LUMINÁRIA

ARQUIVO

Novembro 2019

Junho 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Online
RSS
blogs SAPO