1 comentário:
De Não-qualidade da Democracia Portuguesa a 26 de Abril de 2010 às 10:44
Jorge Sampaio descontente com a qualidade da democracia portuguesa
(Antena 1, 21-04-2010, Público, 23.04.2010, via MIC)

"Não estou nada satisfeito com a qualidade da democracia, temos que a requalificar, revitalizar. A começar pela renovação das dinâmicas e das estruturas partidárias. E há uma remobilização dos cidadãos que é necessária" disse Jorge Sampaio à Antena 1.

Questionado sobre de quem é a culpa pelo estado de democracia em Portugal, Sampaio responde "somos todos naturalmente responsáveis".

Na entrevista que hoje foi transmitida, na integra, às 10 horas pela Antena 1, o antigo chefe de estado elogia também "o estilo" do novo líder do PSD, Pedro Passos Coelho, e alerta para os "perigos" da politização da justiça e da judicialização da política" .

Nesse quadro, Sampaio defende a "diminuição" do segredo de justiça e aponta o dedo à comunicação social, "que arruína a reputação de uma pessoa". "Apregoamos o princípio, violando-o todos os dias e isso parece-me muito grave para a coesão social"diz o ex-Presidente da República.

Sampaio diz considerar "suficientes" os actuais poderes presidenciais e afirma que a revisão constitucional "não é uma prioridade".

Quanto ao apoio à candidatura de Manuel Alegre, o ex-secretário geral do PS garante que "isso é uma coisa" que dirá "primeiro" ao próprio, antes que a "toda a gente", mas deixa um recado, "o PS terá que se definir".

A entrevista de Jorge Sampaio é a primeira de uma série de três, a antigos Presidentes da Répública do ex 25 de Abril, cujo aniversário se assinala no próximo Domingo. Ramalho Eanes e Mário Soares são os próximos entrevistados da Antena 1, na quinta e na sexta feiras, respectivamente.


Comentar post