De Zé T. a 17 de Maio de 2010 às 09:25
Para já é importante marcar a diferença de atitude e propostas de J.Seguro (e outros) relativamente aos detentores do poder partidário e governativo.

Quanto a substituições, todos sabemos que neste momento de crise elas são desaconselhadas (tanto interna como externamente) mas, de facto, esta governação já está em regime de gestão (e em ''cozedura lenta''), porque se sente e é vista como transitória... até cair 6 meses após eleições presidenciais ...passando ainda por mais uma forte provação aquando do próximo orçamento...


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres