Coragem, há que referi-lo sem pejo

Como é público a Soares da Costa ganhou o concurso publico e o contrato de concessão e construção foi assinado pelo seu CEO, Pedro Gonçalves.

Pedro Gonçalves foi líder da JSD e pertence ao PSD, cresceu para as lides gestionárias no Metropolitano de Lisboa onde foi membro do respectivo Conselho de Gerência, em partilha de poder entre o PS e o PSD, entendimento que vigorou até ao tempo de Antonio Guterres como 1º Ministro.

Agora, o Parlamento vai debater e votar uma proposta do PSD de suspensão do projecto de construção da linha de alta velocidade Lisboa-Madrid, por um período mínimo de três anos. As voltas que o mundo dá. É pena que não seja o próprio PS a dar o exemplo...



Publicado por Otsirave às 12:58 de 28.05.10 | link do post | comentar |

5 comentários:
De Já ouvi dizer... a 30 de Maio de 2010 às 11:23
Não me admirava nada, o homem deve ter muitos cheques.
Eu também já ouvi dizer que o sujeito é um dos que se movimenta bem nos meandros da corrupção.


De Henrique Raposo (Expresso) a 28 de Maio de 2010 às 15:24
Furto de gravadores

I. Dá que pensar: um ministro foi forçado a abandonar o governo, porque fez um gesto pouco digno. Manuel Pinho talvez merecesse ser demitido. Não ponho isso em causa. O que está em causa é a dualidade de critérios do PS. O gesto de Ricardo Rodrigues é muito mais grave do que o gesto de Manuel Pinho. O acto de Manuel Pinho inscreve-se na categoria de "brincadeira de mau gosto". O acto de Ricardo Rodrigues inscreve-se nas categorias de "furto" e "atentado à liberdade de imprensa". Se o PS deixou cair Pinho, por que razão 'segura' Ricardo Rodrigues? Aqui, meus amigos, há gato escondido com rabo de fora.

II. Depois, tal como defendeu Marina Costa Lobo, este caso não é meramente judicial. Este caso é político. Mais: é institucional. Ricardo Rodrigues desrespeitou a Assembleia da República. Jaime Gama devia ter actuado institucionalmente, na defesa da Assembleia da República e na defesa dos outros deputados - que viram a sua função manchada pela acção de Ricardo Rodrigues. Este caso mostra, mais uma vez, que a nossa democracia não tem qualquer fibra institucional, aquela coisa que está a montante dos jogos partidários. A nossa democracia é um bordel partidário.


De DD a 28 de Maio de 2010 às 23:30
Sabem qual a razão porque o Manuel Pinho fez aquele sinal?
Fê-lo porque o comunista da bancada esteve todo o tempo a dizer baixo, mas de modo a que o ministro ouviu, a seguinte frase: "vou-te aos cornos, vou-te aos cornos ....."


De DD a 30 de Maio de 2010 às 09:42
Já ouvi dizer que o deputado enviou um cheque aos jornalistas para cobrir o custo dos gravadores aumentado de mais uma quantia para compensação de prejuízos morais.


De Chumbada a 28 de Maio de 2010 às 14:19
Pois é, mas nem sempre a extrema esquerda se junta à direita e a proposta foi chumbada. Se calha até por isso o PSD a apresentou, a hipocrisia em politica é muito grande, é sem medida. Não é por acaso que vivemos a crise de valores e de tudo o mais que as sociedades e o mundo atravessam....

Deviam, os diferentes partidos com assento na assembleia, fazer um esforço de entendimento mínimo , para a resolução dos graves problemas que o país está a atravessar e sobre os quais é possível , internamente, intervir e nos de decisão internacional dar uma indicação de consenso de medidas a tomar nesse plano.

Não é facil, é verdade, mas também se não tem visto qualquer esforço nesse sentido, e o povo sofre, os marginalizados ficam, ainda mais na valeta...


Comentar post

DESTAQUE DO MÊS
14_04_botão_CUS
MARCADORES

todas as tags

CONTACTO

Email - Blogue LUMINÁRIA

ARQUIVO

Novembro 2019

Junho 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Online
RSS
blogs SAPO