De Zé das Esquinas o Lisboeta a 12 de Junho de 2010 às 10:37
Porquê do limite dos 3% do PIB para o déficie das contas públicas? Alguém sabe? Porque não 2% ou 4% ou 10%? Porquê 3?
Porquê reduzir salários? Froram os salários que provocaram a crise? E se todos deixarmos de trabalhar, os salários são 0 (zero), acabamos com a crise?
Dizem que é desígnio nacional todos fazermos sacrifícios, mas os sacrifícios serão iguais para todos? E quando não era preciso sacrifícios, os lucros e dividendos também foram para todos?
Porque é que os Bancos têm uma taxa de IRC menor que a generalidade de todas as outras empresas?
Porque é que 'à mulher de César não basta ser séria, também deve parecer séria?
Porque é que se diz que 'o exemplo deve vir de cima'? Porque é que não vem?
Porque é que as classes dirigentes (políticas) quando discursam, fingem que percebem as dificuldades do povo? E porque é essas classes não tem dificuldades mesmo quando há crises?
Porque é que sendo todos iguais para pagar, não somos iguais para receber?


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres