6 comentários:
De DD a 18 de Junho de 2010 às 23:00
Toda a Europa procura reduzir os custos do trabalho para enfrentar a concorrência chinesa, indiana, etc., mas ninguém vê, principalmente do lado patronal, que nada há a fazer contra o esclavagismo.
O operário médio chinês ganha 5% daquilo que ganha o português, um dos mais mal pagos da Europa e está tudo dito.
As economias europeias, um pouco à excepção da alemã, tendem cada vez mais a serem economias de serviços locais, dado que os bens transaccionáveis vêm da China, mesmo quando são colocados nos mercados com marcas europeias. Por exemplo, os Mercedes da classe C vão passar a vir da China. A principal fábrica na Alemanha, em Singelfingen, já não os fabrica.
Por isso, todas as alterações ao custo do trabalho revertem a favor do patrões dos serviços e um pouco no sentido de reduzir as depesas estatais.
Apesar de mais de 60% da população activa trabalhar nos serviços, a realidade é que sem produção não haverá riqueza e o que temos é
insuficiente..
Ninguém apresenta soluções, a não ser o governo que pretende aumentar as exportações, principalmente para novos mercados e, de facto, estão a crescer.
A Europa só pode manter a qualidade de vida dos seus cidadãos, voltando ao trabalho, isto é, protegendo-se dos excessos da concorrência chinesa.
A União Europeia com os seus 501 milhões de habitantes é suficientemente grande para se bastar a si próprio e prescindir de muita coisa que vem de fora.


De Quem Se Lembra? a 18 de Junho de 2010 às 11:46
Trabalhadores de todo o mundo uni-vos!!!

Que é feito da OIT?

Que Andará a fazer a Confederação Europeia de Sindicatos (CES)?

Qual é o papel da Confederação Sindical Internacional (CSI) que surgiu da fusão de duas antigas centrais mundiais: a Confederação Internacional das Organizações Sindicais Livres (Ciosl), que já representava o casamento da social-democracia européia com o tradeunionismo dos EUA; e a democrata-cristã Confederação Mundial do Trabalho (CMT), alem da adesão de outros sindicatos?

Nenhum dos problemas que actualmente afectam o mundo laboral, económico e social se resolve se as atitudes e as respostas não forem tomadas globalmente


De patrões: reforma para malga d'arroz !! a 18 de Junho de 2010 às 11:24
COMO SE PODE APROVEITAR DA CRISE !

Aproveitando a crise mundial os mercados e as organizações internacionais estão a mandar as suas mensagens aos governantes da Europa, seus veradadeiros acólitos. Veja-se o caso da Espanha onde até governa o PSOE.

Estando aquele País a passar por maus momentos, nomeadamente com um desemprego escandaloso as tais organizações internacionais (OCDE, FMI, Banco Europeu, etc) dão todas as mesmas receitas.
Cortar nas despesas sociais e fazer mais uma reforma laboral !
Quem já tem alguns anitos nesta vida há quanto tempo se houve falar em reforma laboral ? Desde sempre !

O que pretendem? É ver Espanha neste momento.
Despedir com facilidade e com uma pequena indemnização, contratos precários, salários congelados e dar a cada trabalhador qualquer função.
Qual é o sonho do patronato europeu?
O modelo chinês e indiano. Trabalhar por uma malga de arroz para sermos competitivos !!

Em Espanha está no horizonte próximo uma greve geral. Mas que podem fazer os sindicatos naquele país onde correm anualmente enormes subvenções do Estado para as duas principais confederações sindicais?

E a CES (confederação europeia de sindicatos)?
já viram? Marcou uma mobilização europeia para Setembro e outra para Outubro.
Vamos ver quais as ideias do Executivo da CES que reuniu ontem.
Decidiram uma mobilização europeia. Que diacho será isso? Uma manif folclórica?
E os socialistas europeus neste momento onde fazem a diferença? sabem?

Não estou a brincar, estou preocupado com a situação na Europa onde cada governo se governa por si e pouca solidariedade vejo.
Principalmente com quem está desempregado e marginalizado.
Com quem trabalha como burro e não vê os resultados ao fim do mês!

E a malta jovem?
Uns trabalham com contrato a prazo por uns poucos euros nos call centers e em trabalhos de intensa exploração e outros vão ás aulas e embriagam-se com os festivais de Verão !!
Cuidado com isto.....

Publicada por A.Brandão Guedes , Bestrabalho 2.6.2010


De Cada Povo é o que quizer ser... a 18 de Junho de 2010 às 10:29
Para quem, ainda, tivesse duvidas e há por aí muita gente de boa fé a deixar-se enganar, fica claro que a religião (concretamente a católica) anda de mão dada com as gentes do dinheiro, como os poderosos. foi assim na monarquia, foi assim no estado novo e é assim nesta democracia balofa em que todos nadamos enredados . Continuamos a ser uma sociedade de oportunistas e de espoliados ...

De um modo ou de outro somos o que queremos ser, ou não será?


De . a 18 de Junho de 2010 às 09:58
E outra vez a falsa questão dos FERIADOS ... !!
o PS não não tem coisas mais importantes a estudar e ajudar a resolver ?!
ou isto é 'folclore' para entreter o povo no intervalo do futebol ?!
e, entretanto, está a dar uma maozinha à entrada dos valores e interesses neo-liberais e do patronato mais selvagem !!


De . a 18 de Junho de 2010 às 09:52
TRABALHADORES TEMPORÁRIOS ... RISCOS !

OS trabalhadores temporários estão a crescer em todo o mundo, nomeadamente em Portugal !
O negócio é hoje um dos mais rentáveis e há muito boa gente a meter dinheiro ao bolso á custa desta modalidade precária de trabalho.

O INRS, Instituto francês de investigação de riscos profissionais, elaborou um excelente dossier sobre os riscos de trabalho destas pessoas e aponta algumas medidas para melhor garantir a segurança e saúde destes trabalhadores particularmente vulneráveis !
Ver: http://www.inrs.fr/inrs-pub/inrs01.nsf/IntranetObject-accesParReference/INRS-FR/$FILE/fset.html

Publicada por A.Brandão Guedes em http://bestrabalho.blogspot.com/ 17.6.2010


Comentar post