Resignados ao capitalismo medíocre ?

Ao arrepio da lógica da sua política económica, o governo decidiu bem no caso PT. O nosso capitalismo é mau e bastante desqualificado

Salários abaixo da média europeia acentuam desigualdades... e protestos  Salários abaixo da média europeia acentuam desigualdades... e protestos. [foto de jose pedro tomaz]

O retrato da variedade portuguesa de capitalismo é traçado com estudos. Dois estudos recentes - "Necessidades em Portugal", promovido pela Tese (www.tese. org.pt) e "Emprego, Contratação Colectiva de Trabalho e Protecção da Mobilidade Profissional em Portugal", encomendado pelo Ministério do Trabalho - mostram que o nosso desigual e desqualificado capitalismo gera demasiada precariedade, insegurança socioeconómica, pobreza laboral e uma saliente estagnação salarial. A fraude da opinião dominante que defende a sua benignidade, assim cumprindo a sua função de assegurar o conveniente conformismo político, torna-se clara.

 

Entre 2004 e 2008, os salários reais aumentaram 0,3% ao ano em Portugal, abaixo da média da União Europeia (2,2%), apesar da acentuação das desigualdades salariais no país. Entretanto, a relação entre o crescimento dos salários reais e da produtividade - os custos unitários reais - é desfavorável aos trabalhadores desde 2000 e o risco de pobreza entre quem trabalha é de 12% (8% na UE).

 

Estamos num país dual em que quase 20% da população é pobre e 31% vive no escalão imediatamente acima do limiar da pobreza: há mais do que uma "geração dos 500 euros". É sobre este já fragilizado corpo social que se abatem as políticas de austeridade, que acentuam o desemprego e que asseguram a prescrição dos conselheiros económicos de Cavaco Silva e das direitas europeias: redução dos salários nominais e um amplo retrocesso do Estado social.

 

Este é o capitalismo realmente existente depois de um ciclo de privatizações, de liberalização da economia e de aceitação acrítica de todos os consensos de Bruxelas. De todos, sem excepção. O pior é que a facção hegemónica da elite económica e intelectual portuguesa não sabe fazer mais nada, não tem imaginação para pensar em mais nada, nem tem interesse em fazê-lo.

 

A mediocridade do capitalismo português está bem patente na PT. Mais uma vez se prova que o "Estado estratega" de que fala Manuel Alegre, controlando fatias importantes das infra-estruturas essenciais da nossa economia, é condição necessária para que o interesse nacional seja protegido. Só Estados estrategas, a reconstruir com a margem de manobra a reconquistar em Bruxelas, podem ir para lá da miopia da burguesia financeira endividada, que age como um qualquer fundo especulativo, com pressa de vender tudo, sem o mais pequeno incentivo para pensar no futuro das empresas que transitoriamente detém.

 

Em contramão com a lógica de toda a sua política económica, o governo decidiu, e bem, usar o último e frágil vestígio de poder que detém na PT. Agora temos de ir até às últimas consequências: resistir aos liberais, de Lisboa a Bruxelas; derrotar os que têm promovido este plano inclinado, onde se inclui o actual Presidente.

 

- por João Rodrigues, economista, em I on line, 05.07.2010 e em  ladroesdebicicletas



Publicado por Xa2 às 08:07 de 07.07.10 | link do post | comentar |

2 comentários:
De liberalismos e os Ladrões de milhões... a 7 de Julho de 2010 às 12:41
Adivinha do dia
1- Tem um processo em curso de investigação
2- Negou coisas que o seu chefe disse
3- Esteve (creio que continua...) muito ligado ao PSD
4- Sabe fazer umas cantarolas
5- Também sabe jogar golfe
6- Desde há uns meses nunca mais se ouviu falar dele
De quem falamos ????

Resposta:
- Dias Loureiro!...
A viver actualmente à grande e à fartazana em Cabo Verde.
É o dono do maior Resort Turistico da Ilha do Sal...
(é aquela ilha, daquele país africano onde o BPN criou umas "sucursais" e um banco mais ou menos virtual com que se faziam umas operações de lavagem e fugas ao fisco, etc, etc...)

-Alguém dá por ele na nossa imprensa?
-O que nos leva a pensar tal esquecimento..?

Como vêem é fácil fazer esquecer um roubo superior a mais de 4 mil milhões de euros, quando se tem amigos...por todo o lado...


De a a 7 de Julho de 2010 às 12:50
Frase do Ano e do Século

"Portugal é hoje um paraíso criminal onde alguns inocentes imbecis se levantam para ir trabalhar, recebendo por isso dinheiro ...
que depois lhes é roubado pelos criminosos
e ajuda a pagar ordenados aos iluminados que bolsam certas leis'."

Vá lá , não "stressem", o mundo está formatado assim.... tentem é passar para o lado dos iluminados para poderem mudar alguma desta desavergonhice.


Comentar post

DESTAQUE DO MÊS
14_04_botão_CUS
MARCADORES

todas as tags

CONTACTO

Email - Blogue LUMINÁRIA

ARQUIVO

Novembro 2019

Junho 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Online
RSS
blogs SAPO