6 comentários:
De Zé das Esquinas, o Lisboeta a 1 de Agosto de 2010 às 15:54
Está a decorrer uma campanha promovida pela AEP - "COMPRO O QUE É NOSSO", que para além de pretender incentivar os portugueses a comprar "o que é português" serve ainda para evidenciar marcas e símbolos que prestigiam Portugal e para valorizar a auto-estima dos portugueses.
Agora adivinhem a origem dos brindes que nas acções de rua de rua e que ontem distribuíam em algumas praias portuguesas: Seria que os brindes com o logótipo da iniciativa, por ex.: os chapéus-de-sol e as toalhas de praia eram de construção e confecção nacional? Ou será que eram "made in taiwan"?


De DD a 1 de Agosto de 2010 às 17:20
Não; deveriam ser "made in China", pois em Taiwan os salários são muito altos, quase tanto ou mais que os portugueses.
Taiwan faz pesquisa, desenvolvimento e fabrica produtos caros, enquanto os seus industriais mandam fazer na China a quinquilharia barata que serve de brindes, etc.
Claro, graças ao capital americano, a China fabrica tudo e a Intel só tem 600 mil trabalhadores na China e até instalou em Beijing uma Universidade.

Isto faz lembrar o início da II. Guerra Mundial. A guerra relâmpago alemã foi toda feita com gasolina de aviação americana,.pois os alemães, através da empresa estatal Wiso, compraram biliões de litros de gasolina para aguentarem uns anos de guerra aérea. Tal como os japoneses que compraram, muitas matérias primas para fabricarem os aviões e navios que atacaram os americanos e hoje no Afeganistão, os dinheiros americanos servem para alimentar o terrorismo mundial através dos serviços secretos afegãos e paquistaneses. Ver a LeakyPedia.
Como já disse, o capitalista é capaz de vender a corda em que será enforcado (frase de Lenine).

Nós os europeus e os americanos temos governos cretinos que estão a fazer da China a maior potência do Mundal que nos está já a lixar a todos. Até lhe vendemos a Roover, a Volvo e muitas empresas com as patentes, máquinas, tecnologia, modelos, etc.
Por dinheiro, o capitalista faz tudo; até deixa-se coiso.

Repare que a bomba atómica chinesa foi feita por cientistas chineses que trabalharam na América nos projectos bélicos nucleares. Os cretinos dos americanos ensinaram os chineses a fabricar armas nucleares e agora andam armados em parvos. Também foram eles que criaram a Al Qaeda e armaram com os mísseis Stinger para combater os russos.



O capitalismo europeu e americano ujtiliza a China para se vingar de ter sido obrigado a pagar salários altos durante os tempos da chamada guerra fria com medo do comunismo. Agora que o comunismo acabou ou tornou-se capitalista, quer fazer baixar os salários e apropriarem-se da organização social de modo a servirem só os interesses capitalistas, quando os sistemas sociais são pagos principalmente pelos próprios trabalhadores.

Nas democracias, como não se aguenta um pequeno esforço, torna-se necessário fazer dinheiro de qualquer maneira, mesmo que seja para alimentar o inimigo. Mesmo assim, não defendo ditaduras, quero é que os democratas abram os olhos.


Comentar post