De DD a 12 de Agosto de 2010 às 22:22
O Estado colocou dinheiro no BPN para salvar depósitos de muita gente e que desapareceram misteriosamente roubados pelo Oliveira e Costa, Dias Loureiro e muitos outros, curiosamente quase todos do PSD. O próprio Cavaco foi beneficiado com as aldrabices no BPN .
O BPN fez negócios ruinosos para alguns meterem dinheiro ao bolso, principalmente os administradores e o grupo dos principais accionistas que não reclamam muito por terem já levado o "deles" bem gordo. O caso das tecnológicas é bem claro, só que o Dias Loureiro nem se lembrava de ter passado uns cheques de uns milhões largos de euros para comprar qualquer coisa fingida. Há pois que legislar melhor no sentido de separar a banca normal de retalho que empresta dinheiro a juros e recebe depósitos da banca de investimentos que compra isto ou aquilo sem que os administradores percebam algo do negócio que estão a comprar.
Cuidado com os investimentos em participações imobiliários. Foi feita publicidade, mas quem mete lá dinheiro não sabe onde se está a meter e o imobiliário não rende em Portugal porque temos casas a mais; desde prédios meio vagos a aldeias completamente desertificadas. Também temos auto-estradas que cheguem como quase tudo o que resulta da construção civil, incluindo dezenas de milhares de rotundas, muito úteis, mas com o "mercado" saturado.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres