2 comentários:
De Zé das Esquinas, o Lisboeta a 3 de Setembro de 2010 às 10:37
O governo aprovou um decreto que regula a possibilidade das farmácias estarem abertas 24 horas.
Ora aqui está uma decisão acertada do governo que quanto muito só peca por tardia.


De Zé das Esquinas, o Lisboeta a 27 de Agosto de 2010 às 14:24
Pelos vistos há «interesses de pessoas» que são mais importantes que «o interesse de outras pessoas».
Neste caso os interesses económicos de meia dúzia de farmácias da zona, foram mais importantes para o INFARMED do que o interesse do milhar de utentes da zona de Benfica em Lisboa, em ter uma farmácia aberta 24 horas.


Comentar post