De Izanagi a 22 de Setembro de 2010 às 11:03
Sarkozy (Sarko, para íntimos) ao tomar a iniciativa de repatriar ciganos fê-lo como medida política ainda que formalmente administrativa. E como medida administrativa tem toda a legitimidade para o fazer, mesmo que acentue que devem começar pelos ciganos. E tem a maioria do apoio da população. Porque não é qualquer cigano, apenas por ser cigano que é expulso. A medida não visa aqueles que estão integrados, que cumprem como o resto da população que vive em França, as regras aí estabelecidas. Não, a medida visa aqueles que chegaram a França e ocupam o espaço público como se chegassem a uma ilha deserta, isto é , sem se sentirem obrigados ás leis que abrangem toda a população francesa ou estrangeira aí residente. È a esses que Sarkozy exige o seu repatriamento. E exige bem
Contestam esta medida aqueles que não perturbados por esse tipo de comportamento, mas só enquanto não são perturbados, ainda que minimamente. Lembram-me alguns funcionários públicos que se baldam sistematicamente ao trabalho (todos conhecemos), mas se a empregada doméstica tem um comportamento idêntico ainda que em escala muito menor, é logo despedida.
Faz o que eu digo não o que eu faço.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres