1 comentário:
De DD a 29 de Maio de 2009 às 22:09
Não são milhões, mas sim mais mil e quinhentos milhões de euros perdidos pelo BPN .
Onde estão?
Em contas de quem? E em que offshores "?
Curiosamente, a responsabilidade de Victor Constâncio é igual à do presidente Cavaco, relativamente ao seu Conselheiro e outros amigos. E não está provado que o PSD de Cavaco não tenha recebido financiamentos roubados a depositantes e accionistas e o próprio Cavaco não se sabe se recebeu. Tudo indica que Constâncio nada recebeu. Tem um ordenado gigantesco, mas outros meteram ao bolso mais de mil milhões de euros, ou antes, perderam-nos em "negócios" ditos ruinosos.
É curiosa a simpatia com que o grande ladrão Oliveira e Costa foi tratado pela Comissão pidesca e pelo Nuno de Melo que só quer acusar alguém do PS e, neste caso, só encontra o regulador Victor Constâncio.
Mas, alguém duvida que, se o BP tivesse actuado com força contra o BPN antes da crise financeira, não teriam então todos gritados que era perseguição ao PSD e ao próprio Cavaco por estarem lá seus ex-ministros e ex-secretários de Estado e serem todos do PSD. Aquilo era considerado o banco e a holding do PSD.


Comentar post