De Nobel da PAZ a 13 de Outubro de 2010 às 11:33
PCP pelo PCC (pelo capitalismo chinês) !

[Publicado por AG]

O PCP veio criticar o Comité Nobel pela atribuição do Prémio Nobel da Paz ao corajoso lutador pelos direitos humanos chinês Liu Xiaobo - cuja mulher acaba de ser posta em prisão domiciliária só por ter ido à prisão comunicar-lhe a noticia da atribuição do Prémio.
Já sabiamos que o PCP desdenha dos que se batem pela democracia e os direitos humanos para defender certas ditaduras: da URSS à Coreia do Norte, passando por Cuba. Por isso não espanta que assuma as dores da ditadura do PCC-Partido Comunista da China. O que importa notar é que assim também se converteu em defensor de um regime que se distingue na prática do mais selvagem e predador capitalismo.
Nada tenho a ver com o PCP. Mas, como portuguesa, democrata e respeitadora do papel que o PCP teve na Resistência Anti-fascista em Portugal, sinto-me envergonhada com este posicionamento do PCP. Sei que há militantes do PCP que me acompanham.


De DD a 14 de Outubro de 2010 às 21:14
Apoiado, muito bem. A China é uma país de esclavagismo selvagem capitalista-comunista.
Segundo um outro admirador desse país, um economista da Universidade Católica na SIC, os chineses poupam 50% do seu PIB.
O católico, sempre ao lado da exploração, não sabe que não são os trabalhadores que poupam, mas sim os patrões que lhe sugam o sangue e o suor a troco de ordenados de 50 a 80 euros mensais.
Com os biliões e biliões de dólares acumulados, a China inundou os bancos dos EUA com os seus dólares e provocou assim a grande crise mundial, dado que a banca tentou emprestar a quem não podia pagar e nem precisava de adquirir casa. Não devemos esquecer que nos EUA os salários são relativamente altos, mesmos os dos McDonal e dos supermercados, mas não dão para casas de luxo.. Muitos desses trabalhadores foram atraídos por créditos fáceis e entraram em compras de casas com piscina e carros que ultrapassavam os seus rendimentos.
Hoje, a China quer comprar a dívida soberana grega e talvez venha a querer comprar a portuguesa.
Em vez de adquirirem algo para melhorar a vida dos seus trabalhadores, os chineses pensam em comprar parte do Mundo e exportar os seus chineses para as centenas de milhares de lojas que possuem em todos os países.
Sem a livre entrada dos produtos chineses na Europa, Portugal não estaria a atravessar a crise atual.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres