De DD a 17 de Outubro de 2010 às 14:43
Na República e na Monarquia liberal havia pessoas honradas, idealista e portadores de elevados valores éticos, mas simultaneamente caracterizavam-se por uma grande intolerância e combatividade política. Daí que desde 1823 e 1926 tivemos 129 governos, dos quais dois ou três governaram mais de 5 anos. Os políticos eram intelectuais bem falantes e cultos, mas pouco dotados para a verdadeira gestão. Assim, a honradez serviu para bem pouco e nos tempos do Rei D. Luís I, começou a época do Fontismo e da indispensável construção dos caminhos de ferro (nova ortografia sem hífenes ) que deixou as finanças públicas e a dívida externa de rastos com bem descreve Oliveira Martins em "Portugal Contemporâneo". Os portugueses ficaram a ver passar os comboios e nada fizeram, quando os liberais julgavam que isso iria trazer uma explosão de iniciativas económicas oriundas de todos os cantos do País.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres