3 comentários:
De Ricardo Nunes a 20 de Abril de 2012 às 16:22
MENTIRA BURROS

Investiguem antes de dizer merda, isto é uma Lei Brasileira do estado do Rio de Janeiro


De Escolhas a 18 de Outubro de 2010 às 11:45
Há sempre escolhas que se podem fazer...

André Figuredo fez as suas, talqual outros figueiredos...

Em Seia, porém, aqueles que o viram crescer não têm sobre André Figueiredo as melhores opiniões. "Não olha a meios para triturar os que lhe fazem frente", afirma um militante.

A vida política de André Figueiredo começou nos bancos da Escola Secundária de Seia, nas lutas estudantis, mas alinhado no PSD. Na altura, era, aliás, um grande admirador do actual Presidente da República. Mas como emergiu Guterres e o seu exército da Beira Interior, Figueiredo mudou-se para o PS. Um trajecto em tudo semelhante ao de Sócrates, uns anos antes.

Começou a relacionar-se com grandes figuras do PS onde se incluía Pina Moura e Almeida Santos (naturais de Seia), Jorge Coelho e António José Seguro. Mas foi António Costa e Marcos Perestrello que lhe deram a mão e o recomendaram a José Sócrates, em 2004. O secretário-geral do PS levou-o para Lisboa e, hoje, Figueiredo é o seu homem de confiança.

É esta gente que nos (des)governa o país...




De DD a 18 de Outubro de 2010 às 18:11
O que é que esse Figueiredo tem a ver com a caução dos hospitais privados?
Se o Sócrates reconheceu qualidades nesse Figueiredo porque não havia de o nomear para o seu gabinete. Quem deveria ser nomeado, o Jerónimo de Sousa com a quarta classe?

Exemplo dos EUA de uma pessoa de família que veio agora de lá. Teve de fazer uma ressonância magnética com o seu seguro de saúde e pagou a módica quantia de 800 dólares.
Em PortugL, a mesma ressonância sem seguros nem participações do SNS custa 250 euros, portanto cerca de 700 dólares.

Com o SNS o custo é de uns 25 euros ou menos ou nada se for um reformado com baixa reforma.


Comentar post