4 comentários:
De Zé das Esquinas, o Lisboeta a 21 de Outubro de 2010 às 15:49
E quero ainda acrescentar que na minha opinião, este post tem no seu início uma pequena grande gralha:
O governo não tem um problema.
Nós é que temos um problema em ter este (des)governo.


De Zé das Esquinas, o Lisboeta a 21 de Outubro de 2010 às 15:46
Muito bem escrito todo o texto.

«Mas o "direito a uma pensão por inteiro" não significa que essa pensão deva começar a ser paga imediatamente, quando o beneficiário ainda está em idade activa e produtiva e tem, efectivamente, emprego.»

Mas quem manda, não manda mal por ignorância. O país está o que está porque quem manda, manda a seu proveito e no interesse das castas a que pertence ou representa.
Logo não é por falta de soluções que se legisla contra o povo. É sim, porque quem legisla não quer mais para si e ninguém enriquece a tirar a si próprio ou a dar.
Quem está no poder não está para servir o país, está sim para se servir do país.

E não vale a pena continuarmos a lamurier-nos há que destituir estes medíocres de vez e imputá-los de qualquer cargo público. E retirar-lhes as regalias que conquistaram por assalto legal quando no exercício do poder. Quem tão mal serviu o país não merece retribuição mas sim, punição!


De Vozes socialistas diferentes. a 21 de Outubro de 2010 às 10:34
Política
Conselho Superior Antena 1: Ana Gomes acusa Governo de “insensibilidade social” por causa do Orçamento
No Conselho Superior da Antena 1 desta manhã, a eurodeputada socialista Ana Gomes acusa o Governo de “insensibilidade social”,
afirmando que a sua proposta de Orçamento do Estado para 2011 é “injusta na partilha dos sacrifícios”.

Ana Gomes espera que as negociações com os partidos, nomeadamente com o PSD, leve à correcção das situações que prejudicam os portugueses com rendimentos mais baixos e os desempregados.


De Zé T. a 21 de Outubro de 2010 às 10:19
excelente texto.


Comentar post