De Gente que pensa ou, talvez não? a 26 de Outubro de 2010 às 09:23
Sempre concluo que DD se vê ao espelho só que quando se vê a si mesmo julga estar a ver a figura de outras pessoas mais ou menos da mesma idade.

Deve ter sido isso que sucedeu quando estava a escrever o comentário anterior. Pensou ver no espelho o sociólogo Boaventura. Puro engano, mas a idade, efectivamente, não perdoa e afecta mais aquelas pessoas que deixaram de acompanhar com gente que pensa.


De DD a 26 de Outubro de 2010 às 12:36
Mas isso é algum argumento, pá? Dá factos, estatísticas, indica métodos e meios para Portugal vencer a crise. Portugal lançou duas indústrias com um certo êxito porque não tem a concorrência chinesa e de outros. Refiro-me à produção do importante produto chamado electricidade pela via das energias renováveis e a indústria da fileira do papel, da árvore à pasta e ao papel. Também temos muita investigação cientifica e técnica que lentamente vai dando alguns frutos, mas toda a gente neste Mundo de 7 mil milhões de habitantes está a trabalhar e ninguém está à espera dos portugueses. Nem os tais mercados ditatoriais referidos pelo Boaventura. Eles não querem saber dos portugueses, Portugal é que necessita de impedir dinheiro para pagar reformas, salários, etc.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres