1 comentário:
De Ditadura-mercados oligarquias e offshore a 29 de Outubro de 2010 às 12:48
------- Henrique Neto (Público, 5 de Outubro de 2010)

Sócrates, com a sua falta de sentido de Estado, a sua ignorância, o seu voluntarismo pacóvio, a sua teimosia irresponsável e, porventura mais importante, a sua falta de patriotismo e de convicção sobre o interesse geral,
iludiu durante seis longos anos todos os reais problemas da economia através de um optimismo bacoco e inconsciente.

Não o fez apenas por ignorância, mas para SERVIR os interesses da OLIGARQUIA do regime,
através da especulação fundiária e imobiliária, das parcerias público-privadas, dos concursos públicos a feitio, das revisões de preços e de uma miríade de
empresas, institutos, fundos e serviços autónomos, além das empresas municipais.

Regabofe pago com recurso ao crédito e sem nenhum respeito pelas gerações futuras.

--------De Democ.? ou Ditadura de 'mercados' ?!

Diz que é uma espécie de democracia

O orçamento é péssimo e tem de ser aprovado. A economia europeia suicida-se e ninguém pode fazer nada.
Porquê? Porque falta a política onde ela tinha de estar.
Mais do que uma crise financeira, vivemos uma crise democrática.

Daniel Oliveira (www.expresso.pt) 29.10.2010

---caprylm56
Isto é uma democracia de interesses particulares, onde a maioria destes democratas são o espelho da actual situação em que se encontra o país.
Esta ditadura democrática está sólida e quem por direito e poder tinha para a alterar não o faz pois está satisfeito com a mesma.
Quando me tocar a mim não o vou deixar fazer nem que tenha de a pagar com a minha vida, a minha dignidade não se vende nem se goza com ela, pois também respeito para ser respeitado, e é algo que esta classe política o tem feito, que é gozar com o povo.


Comentar post