4 comentários:
De Corrupção, Nepotismo, Burlões e offshore a 29 de Outubro de 2010 às 10:21
Combater a corrupção : em Portugal e na Europa
[Publicado por AG] [Permanent Link]

Não podemos limitarmo-nos a vociferar. Nem resignarmo-nos, diante da corrupção.
O combate tem de ser travado à escala nacional e europeia, porque a corrupção, essa, tem tentáculos à escala global, estribada em políticos, "banksters" e outros profissionais desonestos, no "capitalismo de casino" que persiste e nos «off-shores» em que ninguém toca.

Por isso é preciso participarmos na consulta pública aberta pela Comissão Europeia para preparar o pacote europeu de medidas legislativas de combate à corrupção, que está previsto lançar em 2011 - e que o Parlamento Europeu pediu e acompanhará empenhadamente.
Pode participar na consulta online até 3 de Dezembro, aqui.

Corrupção = desigualdade + empobrecimento
[Publicado por AG] [Permanent Link]

Portugal ficou em 32º, entre 178 países, no «Indice de Percepção da Corrupção (IPC) 2010" publicado esta semana pela ONG "Transparência Internacional".
Não é resultado de que nos possamos orgulhar.

Exceptuando um ligeiro progresso comparativamente a 2009, ano em que ocupou o 35º lugar, o nosso país tem vindo a descer neste "ranking" pelo menos desde 2005, quando ficou em 26º. Portugal está em 16º dos 27 países da UE. Entre antigos membros da UE (UE-15), só a Itália e a Grécia obtêm piores qualificações.

Apesar do índice IPC medir a percepção de corrupção (e não a existência de corrupção, que não é facilmente mensurável devido ao carácter oculto), estes dados mostram como há quase tudo por fazer no combate à corrupção em Portugal.

Com a crise e os sacrificios que o próximo OE vai impor, os portugueses que pagam os seus impostos estão a compreender como a corrupção e a impunidade dos corruptos (os casos "Furacão", "Portucale", "Submarinos", BPN, BPP, Face Oculta, nem sequer ainda a julgamento chegaram...)
têm uma ligação directa com a desigualdade que persiste neste mais desigual país da Europa. E com a pobreza que cada dia afunda mais famílias. E com o empobrecimento do país, agora de soberania diminuida, à mercê dos credores e em risco de bancarrota.


De políticos, empresários, bancos, MAFIOSOS a 29 de Outubro de 2010 às 10:40
DN, 29.10.2010
'Face Oculta'

-Vereador do PS implicado nas pressões a Ana Paula Vitorino
-José Manuel Mesquita é citado pelo MP.
-Vara acusado de três crimes, Godinho de 59 e José Penedos de quatro.

-Negócios de Manuel Godinho descarrilam e acabam as ajudas
-Penedos e Vara acusados de tráfico de influências
-Ana Paula Vitorino implica Mário Lino no 'Face Oculta'

BPN:
-Megaburla tem mais arguidos ligados à Caixa Agrícola
-As duas instituições de crédito foram lesadas em vários milhões de euros por fraudes praticadas com a conivência de funcionários internos. Há três detidos e mais seis arguidos.
-Barcos e carros de luxo apreendidos

Processo
-Comandante de esquadra suspeito de corrupção
-Escutas mostram ligação do subcomissário à máfia brasileira da noite. O Ministério Público mandou investigar o oficial da PSP.

-Tribunal decidiu libertar três italianos da 'Máfia...
-Giovanni Lore é o único dos detidos que fica em preventiva para ser extraditado.
-Giovanni comprava e não pagava


De DD a 29 de Outubro de 2010 às 00:20
Os anónimos aqui odeiam mesmo o PS e todos os seus militantes.
Não vejo que devam entrar em qualquer lista a congressos ou outra coisa qualquer.
Também nunca trabalharam, nunca procuraram clientes e nunca pagaram ou receberam salários.
Quem procura contratos mexe-se e procura sensibilizar os responsáveis para os seus produtos ou serviços e tanto faz tentar vender algo às farmácias como à Refer ou à Galp.
Os parasitas nunca fizeram isso e daí não compreenderem.
Os juízes são colocados nos seus postos e tornam-se donos da sua justiça sem prestarem contas a ninguém e sem terem de pagar salários ou créditos obtidos na banca. Qualquer que sejam as suas atitudes nunca são responsabilizados, quando um patrão ou um vendedor tem as suas responsabilidades perante uma comunidade de trabalhadores.


De APV "A louca" a 28 de Outubro de 2010 às 10:32
Quem se não lembra do que foi a azafama eleitoralista desta figura fazendo verdadeiros shows de power points que custaram rios de dinheiro ao erário publico para promover linhas de metro em Loures, Amadora, Oeiras, etc.

Na senda de tão elevado desaforo sucedeu em Lisboa, terceira travessia, Carta da saúde , 5ª circular...

Afinal já andávamos de tanga e eles a enganar o pagode...

Inucentes?

o que os move já não é outra coisa que não seja o vil metal. Infelizmente abrange a, quase, todos


Comentar post