4 comentários:
De DD a 1 de Novembro de 2010 às 17:26
Essa economia toda não serviu para salvar a Volvo das garras do Imperialismo Chinês que a comprou com toda a tecnologia e patentes que estão a ser deslocalizadas para a China.
Também não salvou a Ericson que acabou com o fabrico de telemóveis, um dos mais promissores artigos de consumo do Mundo de hoje.
Igualmente não permitiu salvar a fábrica de automóveis SAAB comprada ao desbarato por um capitalista holandês.
Também não permitiu baixar o nível de impostos aplicado aos contribuintes suecos, o mais alto do Mundo.
Já estive na Suécia a convite do Banco da Suécia que me alojou a mim e aos membros da Comissão de Economia da Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa num excelente hotel e verifiquei que os funcionários do Banco Central sueco tinham um excelente restaurante no último piso com solário, estufa de jardim e local para cafés, chás, etc., além de um "ftness" center.
Também almocei no restaurante do Parlamento Sueco, muito luxuoso e servido por criados vestidos a rigor. O meu companheiro português e amigpo, Carlos Carvalha, ficou admirado com aquilo que ele dizia, a excelelência do capitalismo sueco.


De Zé das Esquinas, o Lisboeta a 1 de Novembro de 2010 às 20:54
Esteve lá? Enquando deputado parlamentar do PS na AR? E qual foi o benefício que vossemecê trouxe ao país com essa vizitinha? Qual foi o trabalho que apresentou na AR como resultado dessa vizinha à Suécia? Ó foi só turismo? Não é por nada, é só para perceber se valeu a pena os custos do seu vencimento e das ajudas de custos que deve ter recebido e que «eu» paguei na minha modesta condição de contribuinte...


De Pagante para dandys, Melhor OTÁRIO a 1 de Novembro de 2010 às 23:14
Subscrevo integralmente. Que benefícios para o país?


De Paciência de Chinês... a 2 de Novembro de 2010 às 18:21
Estamos todos aqui no Luminária à espera da resposta do DD a esta questão...


Comentar post