Sondagem Intercampus: Vital alarga vantagem

Vital Moreira ganha uma grande vantagem sobre Paulo Rangel e Nuno Melo, do CDS-PP, fica fora do Parlamento Europeu. São estas as duas principais ilações da sondagem realizada pela Intercampus para a TVI e Rádio Clube Português.

Na projecção dos resultados da sondagem, o PS atinge os 37,1%, o que lhe garante entre nove e dez deputados. O PSD fica-se pelos 32 (7 a 9 deputados), o Bloco atinge o limiar dos 10% (mais precisamente 9,9) e pode estar entre dois e três deputados. Em quarto lugar surge a CDU com 7,7 (1 ou 2 deputados) e no quinto vem, então, o CDS-PP, com apenas 3,5%, o que deixa Nuno Melo fora do Parlamento Europeu. Os outros partidos, todos juntos, deverão chegar aos 4,9%. [Portugal Diário]


Publicado por JL às 23:55 de 29.05.09 | link do post | comentar |

1 comentário:
De DD a 31 de Maio de 2009 às 20:19
A realidade é que o "bloco central" continua praticamente nos 70%. Por isso, a crítica a uma solução governativa desse tipo é antidemocrática por ir contra a esmagadora maioria dos portugueses.

Sócrates tem pedido para as legislativas uma maioria absoluta e diz que um governo minoritário não poderá governar e será de curta duração. Mas, Sócrates nunca declarou abertamente ser contrário a uma coligação, mesmo com a Manuela F. Leite. Ao contrário de Sócrates, a MFL empenhou a sua palavra de que nunca faria uma coligação "bloco central" e nunca com o engenheiro José Sócrates. É evidente que não há eleitos leprosos à AR e, por isso, todas as coligações são possíveis. Manuela F. Leite é feiíssima , mas uma coligação não é um noivado nem um casamento.
Saliente-se que o PCP espuma de ódio contra o PS e uma coligação implicaria o fim de todas as reformas e o estabelecimento de um Estado mais meritocrático com melhores professores, melhores funcionários, melhores médicos, juízes, etc. Como PCP seria a balda do ostume na tentativa de conquistar o poder absoluto com o apoio dos sindicatos, mas sem qualquer viabilidade na actual situação portuguesa em que, mesmo com a crise, não se está tão mal para querer uma "revolução bolchevique" em São Bento.
Quanto ao BE, ninguém sabe o que quer, a não ser que o PS e nenum outro partido tenha a maioria, mas Louçã não se diz apto a fazer uma coligação com o PS para apoiar um programa de esquerda não radical e susceptível de ter aplicação prática na sociedade portuguesa e no contexto de crise mundial.
Se Louçã dissesse que poderia fazer uma coligação com o PS era capaz de ter mais votos. Claro, nem o BE nem o PCP poderão alguma vez chegar à maioria absoluta. Não o conseguiram em 35 anos nem em qualquer sondagem, pelo que não deverão conseguir no futuro.


Comentar post

DESTAQUE DO MÊS
14_04_botão_CUS
MARCADORES

todas as tags

CONTACTO

Email - Blogue LUMINÁRIA

ARQUIVO

Junho 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Online
RSS
blogs SAPO