2 comentários:
De Zé das Esquinas, o Lisboeta a 18 de Novembro de 2010 às 10:32
Vivemos uma época em que o que conta é o "curso" e não o "percurso".
Ou como também diz aqui o postante, quem "conheces", e não o que "fazes".
Ou quem te "tocou"...
E pelo visto terá sido Midas.


De Zé T. a 18 de Novembro de 2010 às 15:06
Excelente análise da realidade político-governativa.
Subscrevo.


Comentar post