De DD a 10 de Dezembro de 2010 às 14:13
A revista Sábado cactareiza-se pela MENTIRA PURA E SIMPLES.
Não se trata de uma publicação credível, pois inventa notícias falsas e arranja até testemunhas que dizem algo sem terem nome.
Um texto menmtiroso é detectável pela forma como não aprofunda e não entra no detalhje que justificam e implica responsabilidades.
Mesmo que alguém tenha pague as quotas de 50 mil militantes nada obriga esses militantes a votarem nesta ou naquela lista ou sequer ir votar.
No PS não se vota de braço no ar; o voto é secreto e o votante assina a lista de presença na altura do voto e identifica-se com o respectivo cartão no qual deverá estar a senha da quota ou então apresenta a nota de pagamento pelo multibanco.
A ideia que pagar a quota de 1 euro mensal leva alguém a votar numa determinada lista é cretina e estúpida. Só um imbecil é que pode acreditar nisso.
O jornalista que inventou a notícia é mais que estúpido; é uma besta completa como é a Revista Sábado.


De Cá se fazem... a 10 de Dezembro de 2010 às 15:42
DD tem toda a razão, só os imbecis é que vendem um voto a troco de 12, 18 ou 24 euros, normalmente é a troco de um lugarzito na presidência da junta de freguesia, de uma qualquer empresa publica ou no mínimo de uma assessoria numa autarquia ou num hospital.
DD, dito co-fundador da agremiação socialista, não tem conhecimento que estas coisa acontecem (?) mas não se coibiu , com razão ou sem ela , de ter acusado, publicamente, de fascista o seu camarada F. Ferreira pelo facto de ter sido excluído da lista "Margem Esquerda" a integrar o secretariado do PS no ultimo congresso.
Cá se fazem cá se pagam, como diz o povo.
Agora passou à bajulice aos apaniguados socráticos a ver se por ai lhe toca alguma coisa. Oportunistas a que eu supunha DD fosse superior, engano meu.
Ou não será assim?


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres