De Bancos/ $.€.£. SEM ESCRÚPULOS. a 15 de Dezembro de 2010 às 12:25
Espionar ou não espionar ...

[Publicado por AG, CausaNossa, 14.12.2010]

As mais recentes revelações da WikiLeaks respeitantes a Portugal são preocupantes.

A possibilidade de um banco nacional procurar fazer NEGÓCIOS num Irão sob SANÇÕES das Nações Unidas e da UE, à conta de um expediente chico-espertista, é grave.
E não só por poder ter falhado e sido ignominiosamente exposta, mas porque relevaria da mais alarmante FALTA de ESCRÚPULOS – quem se prestasse a espionar o regime iraniano para ganhar dinheiro à sua conta, também poderia trabalhar para CARTÉIS de DROGA, a pretexto de os fazer supervisionar pelas policias… .

O Millenium BCP desmentiu já ontem, na manhã seguinte à publicação no diário espanhol El País, o conteúdo dos telegramas da embaixada americana em Lisboa. Mas o dano à sua credibilidade internacional persiste.
Não basta, por isso, que o banco desminta.
É preciso que as autoridades políticas e judiciais não assobiem para o ar, é vital que esclareçam completamente o que se terá passado, o que propôs o Banco ao Irão e o que propunha o Irão ao Banco, quais as RESPONSABILIDADES do Millenium BCP, do Banco de Portugal e de quem quer que eventualmente estivesse ao corrente no Governo, no MNE, ou em qualquer outro departamento da Administração Pública.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres