2 comentários:
De DD a 24 de Janeiro de 2011 às 16:18
O Sr. Soares do Pingo Doce/Jerónimo Martins disse que recebia pescada congelada do Chile vinda de avião a menos de 12 horas de ser pescada e a preços muito baratos.
O caso desta empresa deve ter tudo a ver com os senhores dos grandes supermercados que preferem importar do que comprar nacional.
Enquanfo o Lidl, Minipreços e outras lojas estrangeiras vendem tudo dos seus países, geralmente de péssima qualidade, mas baratos, as empresas nacionais só querem importar.
Para além disso, vivemos num Mundo de grande exploraç-ao do trabalho em que de fora vêm produtos produzidos por pessoas que ganham muito menos que os portugueses apesar de os nossos salários serem os mais baixos da Europa.
Atenção: Na Alemanha tem sido detectada dioxinas em muitos produtos alimentares de origem avícola e animal em geral por causa de rações feitas com óleos vegetais industriais muito baratos.
Não comprem salsichas alemãs e quaisquer produtos de carne, ovos, etc. nas lojas alemãs Lidl, Minipreço, etc..


De . Fim a Parcerias P-P e a PIN's !! . a 24 de Janeiro de 2011 às 12:27

Pois... mais um exemplo daquilo que se sabe:
« Lucros privados, Custos socializados »

e, talvez,:
«amiguismo e favorecimento de empresas de.... com dinheiros públicos, isenções fiscais e outras benesses (terrenos, urbanização, licenças, ...bonificações)»

com ou sem :
umas «''comissões'', '' % '' ou '' donativos '' para alguns bolsos de 'intermediários' ou de contas partidárias»

ou então uma ''simples acção 'naíf'' de intervenção/ participação político-administrativa'' (para político local e/ou nacional ganhar votos ou melhorar imagem) no domínio empresarial privado.

- Quando é que neste país se clarifica e separa o que é participação económica/ interesse público do interesse privado e empresarial (com seus custos, riscos e lucros) ?!


Comentar post