Socialistas enredados em quezílias: assim não vamos lá

Segundo escreve a Lusa, o presidente do PS, Almeida Santos, considerou este domingo que Cavaco Silva foi «cruel» na hora da sua vitória ao mesmo tempo que lamentou ver Manuel Maria Carrilho zangado por ter sido «apeado» de embaixador de Portugal na UNESCO,.

«Neste momento, o dr. Carrilho é quase um adversário do PS, porque está agastado por ter sido apeado do lugar que tinha [embaixador de Portugal na UNESCO, em Paris]. Está zangado connosco, compreendo isso, mas não é bem o exemplo típico do indivíduo que se possa citar como característica da situação interna do partido», sustentou o presidente do PS, terá afirmado, Almeida Santos, aos jornalistas à entrada para a reunião da Comissão Nacional do PS, que confirmou as datas da eleição do Secretario Geral e da realização do próximo congresso nacional, no PORTO.

Parece que, quem critica o partido, com razão ou sem ela, para o núcleo duro socialista “está zangado connosco”. Mal vai o PS quando as suas principais figuras assim se posicionam publicamente. Mesmo que tais criticas tiverem como razão a reacção ao desapeamento deveria ser questão de debate interno, para se averiguar da justeza ou não desse facto, e de igual modo também deveriam ser debatidas certas colocações em Governos Civis e outros lugares de nomeação.

Como querem que haja debate se quando se levanta uma voz a segregam de imediato?

Promovam o debate interno e desvalorizem o que é feito na comunicação social não se pondo a jeito para dar razão a tais quezílias.



Publicado por Otsirave às 12:21 de 31.01.11 | link do post | comentar |

3 comentários:
De DD a 1 de Fevereiro de 2011 às 00:21
Um embaixador é um funcionário de um dado Estado com um Governo e quando recebe ordem para votar em determinada pessoa para um posto na Unesco, ONU, UE, etc. tem de cumprir essa ordem.
Carrilho achou que estava como embaixador a título privado para tomar pessoalmente as decisões que queria em nome de Portugal.
Por isso, Carrilho foi posto de lado, até porque se tratava de um embaixador de nomeação política e não da carreira diplomática.
Sempre que saiu de um posto, e já tinha saído de Ministro da Cultura, passou a atacar o PS. Ninguém é obrigado a estar no PS ou noutro partido e a militância é estar fundamentalmente de acordo com o que faz o partido. Se não gosta sai.
Eu não sou militante do PS para arranjar tachos pois vivi praticamente toda a vida do meu trabalho privado. Estive na AR e quando saí continuei a ser o mesmo militante.


De A culpa é do partido a 1 de Fevereiro de 2011 às 09:19
Cá está DD a branquear a realidade dos factos. Se andam tantos e, toda a gente sabe que andam, só com a intenção de arranjar tachos é porque não são militantes de verdade e a culpa é do Partido e de quem dá cobertura a tais situações. Quase todos iguais, realidade que apodrece os partidos, estraga a democracia e adoece a sociedade através dessa doença cancerígena que é a corrupção.
Nisso o PS também não é diferente do PSD, assim como na privatização de empresas publicas.


De Resposta a DD, perdão a Socrates a 3 de Fevereiro de 2011 às 12:37
Insinuar agora que o que eu penso e digo se deve a qualquer ressentimento ou episódio recente, como há dias fizeram Almeida Santos e o "comité" de recandidatura de José Sócrates à chefia do PS, é, na verdade, indigno. E só refiro esse episódio porque é curioso recordar que, se o meu afastamento da UNESCO teve por motivo próximo a publicação do meu livro E agora? e a entrevista que então dei ao Expresso, o motivo de fundo foi o de eu ter argumentado até ao limite, nas eleições para a liderança daquela organização, contra o apoio do nosso país à candidatura de uma figura de proa da ditadura egípcia, cujos méritos, então muito elogiados por José Sócrates, todos temos nestes últimos dias observado em directo...
Lêr DN de 03.02.11



Comentar post

DESTAQUE DO MÊS
14_04_botão_CUS
MARCADORES

todas as tags

CONTACTO

Email - Blogue LUMINÁRIA

ARQUIVO

Junho 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Online
RSS
blogs SAPO