3 comentários:
De Privado a 10 de Março de 2011 às 14:32
Eu sei que já conhecem, mas isto é como um desabafo, para deitar cá
para fora esta indignação que nos corroi!


José Saramago - Cadernos de Lanzarote
E depois não venham dizer que não se lhe percebe a escrita ...


«Privatize-se tudo, privatize-se o mar e o céu, privatize-se a água e
o ar, privatize-se a justiça e a lei, privatize-se a nuvem que passa,
privatize-se o sonho, sobretudo se for diurno e de olhos abertos .

E finalmente, para florão e remate de tanto privatizar, privatizem-se os
Estados, entregue-se por uma vez a exploração deles a empresas
privadas, mediante concurso internacional.
Aí se encontra a salvação
do mundo ... e, já agora, privatize-se também a puta que os pariu a todos.»

José Saramago - Cadernos de Lanzarote - Diário III - pag. 148


De anónimo a 10 de Março de 2011 às 12:50
e quem é que vai hoje ao Rato (21:30) ao Plenário de militantes de Lisboa , para ... ouvir?debater?ver?... o presidente da FAUL ?

creio que ali os «enrascados em luta» não podem entrar... mas os militantes podem falar e debater e propor ...


De Bolor e teias de aranha a 10 de Março de 2011 às 15:06
Também aí irão os lamuriosos do costume e muitos de que, ainda acalentam a expectativa de algum lugarzito em algum instituto ou assessoria.

Acham que Perestrelo , Rui Figueiredo ou qualquer outro, da mesma escola, trará alguma coisa de inovador?

Deixem passar as épocas da caça ao voto e verão o que é debate interno e animação militante.

Os secretários coordenadores continuam a ser os mesmos, as secções continuam fechadas e a criar bolor e teias de aranha...

O que há de diferente de há dois, três ou quatro anos? Nada, simplesmente nada...


Comentar post