4 comentários:
De Sendo aplicada a formula a 11 de Março de 2011 às 16:14
Estas serão as deduções
Até 1500 euros - 0%
Entre 1550 e 2.000 euros - 3,50%
2.050 euros - 3,80%
2.100 euros - 4,10%
2.150 euros - 4,37%
2.200 euros - 4,64%
2.250 euros - 4,89%
2.300 euros - 5,13%
2.350 euros - 5,36%
2.400 euros - 5,58%
2.450 euros - 5,80%
2.500 euros - 6,00%
2.550 euros - 6,20%
2.600 euros - 6,38%
2.650 euros - 6,57%
2.700 euros - 6,74%
2.750 euros - 6,91%
2.800 euros - 7,07%
2.850 euros - 7,23%
2.900 euros - 7,38%
2.950 euros - 7,53%
3.000 euros - 7,67%
3.050 euros - 7,80%
3.100 euros - 7,94%
3.150 euros - 8,06%
3.200 euros - 8,19%
3.250 euros - 8,31%
3.300 euros - 8,42%
3.350 euros - 8,54%
3.400 euros - 8,65%
3.450 euros - 8,75%
3.500 euros - 8,86%
3.550 euros - 8,96%
3.600 euros - 9,06%
3.650 euros - 9,15%
3.700 euros - 9,24%
3.750 euros - 9,33%
3.800 euros - 9,42%
3.850 euros - 9,51%
3.900 euros - 9,59%
3.950 euros - 9,67%
4.000 euros - 9,75%
4.050 euros - 9,83%
4.100 euros - 9,90%
Acima dos 4100 euros 10%


De Izanagi a 11 de Março de 2011 às 13:54
Temos uma taxa de impostos das maiores da EU e contrapartidas? Quase nenhumas quando comparadas com esses países. Para onde foi o dinheiro dos impostos? Fartaram-se de roubar. SIM, ROUBAR. Situações como a descrita no Post “grupo de "Trabalho para o Património Imaterial".. são demasiadas e agora até nas reformas, dinheiro de que o Estado era apenas fiel depositário , vêm roubar mais. E não exigimos contas a esses indivíduos? E ainda há quem diga que o fascismo terminou com o 25 de Abril! Foi por pouco tempo.


De União de cravo-jasmim ou total exploraçã a 11 de Março de 2011 às 13:50
Que mais nos irão sacar?

Tudo o que puderem / lhes deixarem sacar...
ou (como dirz a ''lei de murphy''): o que de mal/pior puder acontecer, podes ter a certeza que acontecerá ´!

E não se pense que os outros/PSD/CDS são melhores ...
já viram as 300 medidas propostas no livrinho que ideias que foram coligindo ?
aquilo já nem é neoliberalismo ...é a barbárie do capital desbragado !!
é a selvajaria do capitalismo em associação com fascismo e populismo !!!

Enquanto os trabalhadores não se unirem...
Enquanto portugueses gregos e espanhóis não marcharem sobre Bruxelas ...
Enquanto a Justiça e os Governos não deixarem de ser manipulados pelo grande capital apátrida...

Enquanto o jasmim e os cravos não inundarem as ruas e praças de Lisboa a Bruxelas e de Atenas a Dublin ...


De Zé das Esquinas, o Lisboeta a 11 de Março de 2011 às 13:47
Dizem as más línguas que a´s grandes alterações ao subsídio de desemprego que estão para vir são que os desempregados em vez de receberem o subsídio vão passar a pagá-lo. Pensa o ministro TS que assim ficará resolvido o problema da falência do sistema e da taxa de desemprego, pois rapidamente desaparecerão os inscritos.
É de mau gosto brincar com estes assuntos? E então? Não será de pior gosto apoiar estes governantes e as suas putéficas políticas?


Comentar post