De Termos na linguagem a 26 de Março de 2011 às 19:57
A "vitoria" é "esmagadora" de quê ou de quem?
Se há alguém que esmaga terá de existir alguma coisa ou alguém que foi esmagado, não é?
Vamos (estamos) assistindo a campanhas eleitorais, convém ter cuidado com a língua e com a linguagem. Os excessos, normalmente, não dão bons resultados.
Veja-se o excesso de linguagem do digníssimo sportinguista, Eduardo Barroso, ao referir-se dos ditos dinheiros provenientes da Rússia para financiar a lista de que faz parte. Ficou-lhe mal, muito mal, mesmo.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres