De Já Agora a 26 de Março de 2011 às 20:25
Já agora o DD poderia informar a quantos votos correspondem os 84% que obteve a lista que apoiava o camarada José Socrates.


De DD a 26 de Março de 2011 às 22:12
Sócrates obteve 46 votos, Fonseca 9, Brotas 1 e Jacinto Serrão 0..
Na lista de delegados, 47 votos para a Moção Sócrates, 9 para Fonseca Ferreira e 0 para os restantes.
Muitos militantes faltaram, mas os que foram eleitos estão há mais de 35 anos no partido e no meu caso posso dizer que estou apenas há 42 anos, desde a CEUD e da fundação da Cooperativa de Estudos e Documentação que serviu de disfarce às atividades da ASP. Mas não foi por isso que me candidatei. Foi para dizer algo sobre o perigo alemão na Europa e sobre a quase proibição que impede o BCE de emitir moeda quando emitiu em excesso até 2006 sempre de acordo com as conveniências alemãs.
A Alemanha é a causa da crise periférica da Europa e Krugman já alertou para o facto, mas só com emissão de moeda e compra a baixo juros de títulos de tesouro portugueses é que a nossa economia se pode expandir. Claro, também há culpas portuguesas como gregas e irlandesas, não sejamos exagerados.
Passos Coelho já recebeu ordens da "patroa" alemã e prometeu que respeitaria o essencial do PEC 4, nomeadamente aumentando o IVA.
O PCP e o BE dizem não a tudo e sim a nada. Não têm projeto.
Devido às minhas origens sei que os alemães são coletivamente um povo perigoso, mas individualmente são como qualquer pessoa no Mundo, preto, cigano, branco, amarelo ou mestiço.


De Ilusões e outros malabarismos a 27 de Março de 2011 às 21:27
Segundo creio o caderno eleitoral da secção (só) tem 300 militantes, mesmo assim faça as contas, caro DD, o que representa (no que deveria ser uma verdadeira democracia participada) "uma vitoria esmagadora".


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres