18 comentários:
De DD a 26 de Março de 2011 às 22:12
Sócrates obteve 46 votos, Fonseca 9, Brotas 1 e Jacinto Serrão 0..
Na lista de delegados, 47 votos para a Moção Sócrates, 9 para Fonseca Ferreira e 0 para os restantes.
Muitos militantes faltaram, mas os que foram eleitos estão há mais de 35 anos no partido e no meu caso posso dizer que estou apenas há 42 anos, desde a CEUD e da fundação da Cooperativa de Estudos e Documentação que serviu de disfarce às atividades da ASP. Mas não foi por isso que me candidatei. Foi para dizer algo sobre o perigo alemão na Europa e sobre a quase proibição que impede o BCE de emitir moeda quando emitiu em excesso até 2006 sempre de acordo com as conveniências alemãs.
A Alemanha é a causa da crise periférica da Europa e Krugman já alertou para o facto, mas só com emissão de moeda e compra a baixo juros de títulos de tesouro portugueses é que a nossa economia se pode expandir. Claro, também há culpas portuguesas como gregas e irlandesas, não sejamos exagerados.
Passos Coelho já recebeu ordens da "patroa" alemã e prometeu que respeitaria o essencial do PEC 4, nomeadamente aumentando o IVA.
O PCP e o BE dizem não a tudo e sim a nada. Não têm projeto.
Devido às minhas origens sei que os alemães são coletivamente um povo perigoso, mas individualmente são como qualquer pessoa no Mundo, preto, cigano, branco, amarelo ou mestiço.


De Ilusões e outros malabarismos a 27 de Março de 2011 às 21:27
Segundo creio o caderno eleitoral da secção (só) tem 300 militantes, mesmo assim faça as contas, caro DD, o que representa (no que deveria ser uma verdadeira democracia participada) "uma vitoria esmagadora".


De Pela Verdade a 27 de Março de 2011 às 23:33
DD não afirme/escreva o que desconhece.
A camarada Isabel Cabaço é militante ainda não há uma dúzia de anos (Abril de1999).
O padrinho foi o camarada Coelho Antunes. Depois arranjou outra madrinha com mais peso, em tudo, a camarada Ana Paula Vitorino, com resultados visíveis.


De Zé T. a 28 de Março de 2011 às 12:23
Pois (como ''na política o q ue parece é'')... ou pertence ao ''aparelho'' ... ou pertence ao grupo que ''TEM'' de apoiar a padrinhagem ... (se não perde o tacho ou tachito... ou as esperanças de obter alguma coisa...).

Quanto aos ''que foram eleitos estão há mais de 35 anos no Partido'' ... isso é bom ou é mau ?! ...
o que é facto é que alguns da Lista A pouco mais têm do que 35 anos de idade...
mas não é isso que está nem deve estar em causa, não é pelo número de anos de inscrição no partido ou pelo nº de verões que um cidadão tem que ele/ela vale ... mas sim por méritos próprios, pela sua experiência e saber, pela capacidade de fazer, pela disponibilidade e vontade de fazer melhor ...
todos nós conhecemos ''velhadas'' com 30 anos e ''crianças'' com 60 anos ... tal como conhecemos jovens de 50 e adultos de 20 anos ...
e, por outro lado, também conhecemos cidadãos portugueses com mais de 40 e 50 anos de militância e prática antifascista/salazarista, democrática consciente, ética e responsável ... e outros com décadas de ''militância'' no oportunismo, no sacanço, no tachismo, nepotismo, ... ou simplesmente no carneirismo com palas.


Comentar post