3 comentários:
De Capela a 3 de Abril de 2011 às 15:17
Comemorar o 25 de Abril quando há que pagar 11 mil milhões de euros de dívidas este ano de um total de mais de 75 mil milhões.
Temos de analisar o que de mal foi feito nos últimos 37 anos.
1) Nacionalizaram os bens dos trabalhadores, ou seja, os imensos investimentos das Caixas de Pervidência que o salazarismo aplicava para ajudar os grandes capitalistas. Cito Lisnave, Sorefame, Hidroeléctricas, Celulósicas, fabricantes de azoto e adubos, etc., etc. Tudo roubado por Vasco Gonçalves aos tranalhadores sem criar um amplo fundo industrial para as reformas.
2) Entrou-se na liberdade da mariquice. Todos os dias televisões e jornais pediam mais e mais ao Estado para tudo e mais alguma coisa sem cuidar de haver ou não dinheiro.
3) Os partidos (PS e PSD) para ganhar eleições prometiam e faziam obra por toda a parte sem olhar a despesas. Eram pontes, estradas, rotundas, politécnicos, hospitais, universidades, centros de saúde, escolas, prédios de realojamento, etc., etc.
4) Entrou-se npo Euro com um BCE a emprestar dinheiro a baixo juro e de repente a fechar a torneira por ordem dos alemães.
5) As greves malucas dos sindicalistas do PCP levaram os governos a privatizar o mais que podiam, pois nada funcionava. O PCP considerava todos os serviços como destinados a engordar os trabalhadores com salários cada vez maiores como sucede no Metro, CP, etc. e não cuidava que aquilo era para serviço de outros trabalhadores e não de capitalistas.
6) Quando os bancos se tornaram privados deixou de haver greves, o pessoal diminuiu e tornaram-se lucrativos, continuando a sê-lo apesar de não haver financiadores externos desde Agosto passado.
7) A escola para todos foi sabotada pelos comunistas da Fernprof que não querem qualidade, mas apenas regalias para os trabalhadores. Com a vitória da direita à custa do PCP, a escola pública começará a desparecer.
8) Montou-ss um Serviço Nacional de Saúde muito caro é que se exigiu tudo, mesmo as coisas mais disparatadas, como meternidades onde não chegava a nascer uma criança por semana, centros de saúde abertos toda à noite sem utentes e incapazes de acudior a qualquer caso gravo por não serem hospitais.
9) Instalou-se muita corrupção. O primeiro acto corrupto foi a compra de mil camiões DAF pelo Conselho da Revolução que mandava em tudo o que era militar e prescindiu de adquirir as Berliet-Tramagal porque a empresa não tinha dinheiro para pagar as comissões que a DAF pagou aos capitães e generais e também não podia fornecer em sistema de leasing quase parceria público-privada com um banco holandês.
10) Ainda agora os bombeiros querem um corpo profissional para combater os fogos na floresta porque lhes convém trabalhar dois meses e meio por ano e receber 14 ordenados.
11) As nacionalizações de algumas empresas industriais como a Siderurgia, CUF-Barreiro, Lisnave, etc. conduzi-as à falência e daí não termos indústria.
Recordo quando os operários da Lisnave a mandos dos comunas faziam greve uns dias antes de se entregar um navio, obrigando a empresa a pagar multas gigantescas por desrespeito pelo contrato. Agora aquilo está parado na Margeueira e em Setúbal quem lá trabalha é empregado de empresas alugadores de trabalhadoras com contratos a prazo, pelo que uma greve que prejudique a empresa nos seus contratos com o exterior conduz logo ao despedimento.

Enfim, tempos de pensar o 25 de Abril no seu todo e acabar com a mariquice das exigências de tudo e mais alguma coisa e começar mesmo a trabalhar a sério.

Os comunas ainda querem ir ao dinheiro dos bancos como se não fossem necessários e o país pudesse viver de ainda mais dinheiro emprestado.


De Assumam-se a 31 de Março de 2011 às 10:53
Simple, Claro e objectivo

Parece que a «Lista B» seguiu o conselho anónimo e publicou (por e-mail) a sua lista de candidatos juntamente com um texto simples ...,
interrogando os eventuais eleitores:
«
- conhece os membros da ListaA ?
- quais as actividades por eles desenvolvidas ?
- e a concretização das suas propostas ?
- e se alguém lhe deu explicações ou assumiu responsabilidades ?»

para concluir que:
«
os da Lista A prometeram e não fizeram;
agora chegou a altura de reflectir, ser claro e directo:

- Se quer mais do mesmo na sua Secção, vote A;

- Se quer mudanças para melhor, vote lista B .»
...

Só espero que os "churamingas" habituais não sejam, também, hipocritas e votem naqueles que tanto criticam, com razão diga-se.


De Um Sinal, um mau sinal a 31 de Março de 2011 às 10:28
Um sinal de completa decadência politica, partidária , social, cultural, ideológica. Uma sociedade que vai perdendo memoria e valores corre o risco de ser um povo morto.


Comentar post