Piratas suecos chegam ao Parlamento Europeu

O resultado surpreendeu os próprios e está sem dúvida a ser o resultado eleitoral mais debatido da Suécia. O Partido Pirata reuniu 7,1 por cento dos votos suecos nas eleições para o Parlamento Europeu, o que lhe valeu a eleição de um deputado.

Os resultados mostram que o cabeça de lista, Christian Engstrom, vai mesmo representar os ideais de quem defende abertura para a partilha de ficheiros na Internet e o fim das actuais restrições impostas à circulação livre de conteúdos digitais, ao abrigo das leis da propriedade intelectual em vigor.

O Partido Pirata foi fundado em 2006 mas ganhou destaque sobretudo depois do julgamento dos responsáveis do Pirate Bay, já este ano. Os responsáveis do site sueco de partilha de ficheiros acabaram por ser condenados, cada um, a um ano de prisão e a uma elevada multa em dinheiro por, através da sua plataforma de Internet, facilitarem a troca ilegal de conteúdos.

Recorde-se que a Suécia passou de uma legislação sem grandes restrições legais à partilha online de ficheiros e conteúdos - o que permitiu a criação e operação durante anos do Pirate Bay - a um dos regimes legais mais restritivos da Europa nos últimos meses, com uma revisão legislativa pressionada pela indústria, a mesma que liderou o processo contra a plataforma.

A nova força política sueca com assento do Parlamento Europeu defende uma revisão da legislação dos direitos de autor para o contexto da Internet e um reforço dos direitos de privacidade dos europeus no mundo digital, ideais que ganharam peso para os eleitores suecos depois da aplicação prática da sua nova legislação nesta área.

Na altura em que os resultados do julgamento foram anunciados o partido tinha 14.700 membros. Uma semana depois o número tinha triplicado.

"As questões da privacidade e as liberdades civis são importantes para as pessoas e elas demonstraram-no quando votaram", defendeu Anna Troberg, membro do partido na televisão sueca.[Tek]



Publicado por JL às 21:22 de 08.06.09 | link do post | comentar |

2 comentários:
De a a 9 de Junho de 2009 às 11:06
esta notícia já foi antecipada e dada aqui mesmo neste blog, umas semanas atrás.


De DD a 10 de Junho de 2009 às 23:24
Mas não foi dado o resultado eleitoral, ou seja, a eleição de um deputado ao PE.


Comentar post

DESTAQUE DO MÊS
14_04_botão_CUS
MARCADORES

todas as tags

CONTACTO

Email - Blogue LUMINÁRIA

ARQUIVO

Junho 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Online
RSS
blogs SAPO