4 comentários:
De André a 17 de Abril de 2011 às 17:39
Se o metero não tivesse chegado a Odivelas e não esteja já o tunel feito até ao aeroporto e os carris a serem colocados tinham-se poupado centenas de milhões de euros.

a CP vendeu uma data de velhas automotoras e locomotivoas e carruaganes à Argentina. Se as não tivesse vendido e nunca tivesse comprado os alfa pendulares também teriam poupado uma porrada de massa. Aquilo para os gauchos serve, porque não havia de servir ainda mais vinte anos para os portugas. Por acaso são mais finos que os argentinos?

A Carris anda com autocarros articulado novos a 350 mil euros cada. Só dez unidades custam 3.500.000 de euros. Porque não foi comprar na Europa em 2ª mão e mvez de dar dar trabalho ao Salvador Caetano na sua fábrica de carroçarias.

Os catamarans que atravessam o Tejo são luxo. O povo não merece isso, mas sim os velhos cacilheiros de merd@.

Para que é que os gajos do Porto e Matosinhos precisam de um metro. Porra, andem a pé.

E o pessoal de Almada. Andem também a pé.

A linhe da da Refer de Lisboa-Porto foi renovada. Não devia ter sido. Peto de Santarém os comboios andavam a 3o à hora. Não é uma boa velocidade? Fod@a-se o pagode, que espere e ande a pé. O que é preciso é o Metro, CP, Refer, Transtejo, etc. terem lucro.

Os gajos dos autocarros privados foram comprar lá fora viaturas com 700 mil km e andam aí muito bem. Para ir para Loures e o c@ar@lho dão muito bem. A malta da zona dos saloios precisa lá de autocarros seguros que travem bem não capotem?

Como disso o querido SALAZAR, o principal é as finanças do Estado, o resto que se fod@a o pessoal.


De Zé das Esquinas, o Lisboeta a 14 de Abril de 2011 às 11:20
Esta manhã na pastelaria onde habitualmente tomo o café, a conversa informalmente deambulou sobre a presença do FMI, as dificuldades financeiras do País e sobre o empréstimo que se diz necessário para evitar a «falência» do estado...
Então perguntei aos presentes (3 professoras, um reformado bancário, um sapateiro, um vendedor de automóveis, uma comercial de artes gráficas e um jornalista) se «emprestariam» algum dinheiro ao PM José Sócrates.
E todos, uns de forma mais efusiva outros com algum espanto pela simplicidade da questão, responderam negativamente. Sei que a maioria deles até gravita na área do habituais votantes no PS.
Querem melhor oscultação sobre a credibilidade do «País»?


De Zé T. a 14 de Abril de 2011 às 11:15
Apoiado.
Chega de esconder a verdade e de pôr os cacos/lixo debaixo do tapete ... ele existe mesmo.

Mostre-se tudo, sejam transparentes, deixem de fazer ''contabilidade criativa'', deixem de ser mentirosos impostores e aldrabões...

tanto os governantes/min.finanças portugueses (de agora e do passado), como os 'técnico-políticos' de Bruxelas/UE,
como os 'técnicos contabilistas' TOC e ROC privados e ao serviço de bancos, Parcerias P-P, empresas públicas, fundações, ...
tal como a legalizada ladroagem e gangs/bangsters com sede em offshores.


De . .Guerra aos Terroristas Financeiros !! a 14 de Abril de 2011 às 11:41

Processo da CRISE.

''os MERCADOS'' ( Especuladores/ bancos/ corretores/ seguradoras/ grandes empresas cotadas nas bolsas e as ''off-shores'') + EUA + UK + FMI + BCE/UE + governos e ''mercados nacionais'' ...
é que provocaram a crise, é que fizeram e ganharam/ganham com a crise.

Porque é que têm de ser os Estados (bens públicos), os cidadãos-contribuintes, os trabalhadores por conta de outrem, os reformados, os desempregados e a economia real/ produtiva a PAGAR e a REBENTAR ?! ... para engordar ''os mercados'' TERRORISTAS ??!!
Não !
Cidadãos, é tempo de se levantarem e de exigirem (nas ruas, nas paredes, nos jornais blogs facebooks... sms ) que os seus deputados e governantes, se aliem a outros governos e Estados ... e, em conjunto, CONTRA-ATAQUEM os mercados financeiros, os regulem e lhes cortem os poderes !!

as DEMOCRACIAS estão ao serviço dos POVOS e não podem ser DOMINADAS por OLIGARCAS neoliberais/feudais e ''mercados'' ou empresas ''off-shore'' !!

Guerra aos Terroristas Financeiros !!

Contra os Ladrões ... lutar, LUTAR...


Comentar post