1 comentário:
De DD a 10 de Junho de 2009 às 22:46
É evidente que a "Justiça" portuguesa é parcial, injusta e incapaz por vontade própria, não por falta de meios..
Em Portugal trabalham 85 mil pessoas na falsa "Justiça"; na Suécia trabalham apenas 14 mil com quase a mesma população.


Comentar post