3 comentários:
De Zé das Esquinas, o Lisboeta a 28 de Abril de 2011 às 17:53
Também sou daqueles que acredito no Pai Natal e que é ele que dá os presentes (só aos meninos bons)...
Sou daqueles que acredito que os Coelhos na Páscoa dão ovos de Chicolate...
Sou dos que acredita que o «Boca Doce» é bom é e é para o avô e para o Bebéééé´...ée e é...
E sou daqueles que acredita que votar em Ferro Rodrigues não é votar em Sócrates...

Mas que «Parva» que eu sou...


De . a 28 de Abril de 2011 às 18:01

Eu sou daqueles que NÂO acredito nestes ''líderes'' políticos do centrão de interesses, ao serviço do Hipercapitalismo neoliberal dos Agiotas vampiros.

Sou daqueles que acredita que Só a UNIÃO de trabalhadores e cidadãos (de Portugal Grécia, Irlanda, Espanha, ... da UE ) em LUTA pode MUDAR alguma coisa.



De ..idem.. a 28 de Abril de 2011 às 18:07
Sarjeta

Muitas vezes abro o editor desta traquitana para deixar uma nota e, não poucas, fico com o amargo de pensar na sua inutilidade. Há centenas, milhares de blogs, de articulistas, de comentadores que dizem e escrevem o mesmo, alguns com a sorte de serem menos lidos.

Ainda assim não resisto a deixar escritos como este que admiravelmente continuam a ser lidos por centenas, coisa que assusta e que, em dias como o de hoje, despertam o sussurro: Não escrevas, não publiques, apaga, apaga, mata, mata.

Depressão, dispersão, desilusão, disfunção, ou a angústia de só ter angústia para transmitir, neste marasmo que já não traz medo nem respeito.

Deve ser o que se sente no cadafalso, ou o que sentirá um povo a aguardar que meia dúzia de contabilistas revejam o caderno dos calotes feitos em seu nome, mesmo que deles não tenha tirado proveito, para sacarem do chicote e a cada vergastada acrescentem que ainda faltam muitas mais.

Até poderia ser profiláxico não se soubesse que a morte é o fim da tormenta.

LNT, [0.142/2011]


Comentar post