4 comentários:
De Falências e Desemprego aumentou. a 4 de Maio de 2011 às 10:26
FALENCIA DE EMPRESAS!
O número de pessoas que ficaram desempregadas na sequencia de falencias de empresas aumentou cerca de 20% entre 2008 e 2009.

A protecção destes trabalhadores terá que ser melhorada ao contrário do que se defende em alguns sectores da UE, nomeadamente os conservadores que não querem qualquer harmonização nesta matéria, como, aliás, em todas as matérias sociais!

Entretanto, foi publicado o Relatório da Comissão ao Parlamento Europeu e ao Conselho sobre a aplicação de determinadas disposições da Directiva 2008/94/CE relativa á protecção dos trabalhadores em caso de insolvencia do empregador.Ver

-por A.Brandão Guedes em http://Bestrabalho.blogspot.com, 3.5.2011


De 1º Maio: Lisboa 15:00 Mart.Moniz-Alameda a 29 de Abril de 2011 às 16:33
EMPREGO, SALÁRIOS, DIREITOS SOCIAIS.

Por uma Sociedade mais JUSTA.

CONTRA as INJUSTIÇAS, Mudar de políticas .

Participa nas MANIFESTAÇÕES do 1º de Maio


De anónimo a 29 de Abril de 2011 às 16:19
CONTRA A DESTRUIÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA e do ESTADO SOCIAL

É NECESSÁRIO:
MUDAR DE RUMO, NÃO QUEREMOS MAIS DO MESMO!
POR UMA POLÍTICA EM DEFESA DOS SERVIÇOS
PÚBLICOS E DOS SEUS TRABALHADORES

GREVE dia 6 de MAIO 2011

Os partidos do centrão político (PS e PSD) estão a preparar-se para continuar a destruição da
Administração Pública e, por arrasto, impor mais sacrifícios aos trabalhadores, é tempo de lutar.

O PEC IV do PS ou as propostas do PSD que já se conhecem, para cortar ainda mais na Administração Pública, e agora com o pedido de “ajuda” à União Europeia e ao FMI impõem a nossa resposta:

Venha quem vier para o Governo nas próximas eleições, não queremos mais do mesmo nem pior.

Depois de mais de 10 anos de um violento ataque aos Serviços Públicos e aos seus trabalhadores, é
precisamente neste período pré-eleitoral que devemos deixar claro que não queremos que esta política continue e que queremos MUDAR DE RUMO !

Como de facto demonstraram a Greve Geral de 24 de Novembro e as grandes manifestações que
realizamos, os trabalhadores e o povo estão saturados desta política.

É altura de dizermos aos partidos e aos políticos que nos têm (des)governado (PS, PSD e CDS) que NÃO QUEREMOS que estas políticas de DIREITA continuem !

NÃO QUEREMOS MAIS AS POLÍTICAS DE DIREITA que, independentemente dos protagonistas (PS
ou PSD com ou sem o CDS), nos:

· reduziram os salários;
· acabaram com as carreiras;
· congelaram os escalões e as promoções e as progressões nas carreiras;
· aumentaram a precariedade;
· impuseram o sistema de repressão que é o SIADAP;
· destruíram o vínculo público de nomeação para a grande maioria dos funcionários públicos;
· criaram e aplicaram a mobilidade especial, o despedimento encapotado;
· impedem a Contratação Colectiva na Administração Pública;
· reduziram os dias de férias;
· roubaram direitos na aposentação;
· aumentaram a idade de reforma;
...
É que, se das próximas eleições vier um novo Governo destas forças políticas (seja PS/Sócrates ou
seja PSD/Passos Coelho, com ou sem o CDS/Paulo Portas) o que nos espera é mais do mesmo, como tem acontecido com a alternância que temos tido desde 1976, entre PS e PSD, com ou sem muleta mais à direita.

O que necessitamos é de MUDAR DE RUMO e de ROMPER COM ESTAS POLÍTICAS e com ESTES POLÍTICOS ao serviço do GRANDE CAPITAL FINANCEIRO.

O QUE NOS ESTÁ A ACONTECER NÃO É INEVITÁVEL !

Agora, dizem eles, por causa da chantagem dos ditos “mercados financeiros” tivemos de pedir “ajuda”
externa do FMI e da União Europeia.
Essa “ajuda” não é necessária. Há outros caminhos !

A Grécia e a Irlanda já tiveram a “ajuda do FMI” e estão PIOR, com graves recessões e sem
perspectivas de futuro !

A Islândia, com uma situação ainda pior que estes dois, pois a sua banca faliu, não pediu a ajuda do
FMI e está a resolver os seus problemas, sem ceder à chantagem dos AGIOTAS do dinheiro e sem
hipotecar o futuro do seu povo!

Por isso, a greve de dia 6 de Maio deve ser feita por todas e por todos para que sirva de aviso de que
as coisas têm que MUDAR nas ELEIÇÕES do dia 5 de Junho !

POR SERVIÇOS PÚBLICOS DE QUALIDADE E AO SERVIÇO DE TODOS!

CONTRA A PRECARIEDADE !

CONTRA A MOBILIDADE E OS DESPEDIMENTOS !

POR CARREIRAS DIGNIFICADAS !

CONTRA O CONGELAMENTO SALARIAL E O AUMENTO DE IMPOSTOS !

PELA REVOGAÇÃO DO SIADAP !

POR TRABALHADORES DA FUNÇÃO PÚBLICA MOTIVADOS !

PELA MUDANÇA DE RUMO PARA O PAÍS !

ADERE À GREVE DE 6 DE MAIO !

Lisboa, 6 de Abril de 2011
A Direcção Nacional da FNSFP


De Esta GREVE: bom ou mau passo sindical ?. a 4 de Maio de 2011 às 10:31
A GREVE !
Percebi hoje que os sindicatos da Função Pública vão mesmo avançar com a greve nacional do próximo dia 6 do corrente mês!
Dado o contexto esta iniciativa é um mau passo sindical ! Passo a dizer porquê:

- Em primeiro lugar porque foi decidida sem consulta mínima aos trabalhadores;
- Porque foi para satisfazer uma ala radicalizada da Frente Comum ligada ás autarquias sem ter em conta que a Administração Pública não é apenas um sindicato;
- Porque os trabalhadores estão altamente castigados neste momento em termos financeiros;
- Porque muitos trabalhadores não entendem que se faça uma greve num momento em que vigora um governo de gestão e alguns recusam até o recurso à greve neste momento.

- Avançar assim para uma greve neste contexto é ir direito a uma derrota e é desgastar esta forma de luta já tão desgastada por mal utilizada !

- Por outro lado será de lembrar que é de evitar marcar greves ás sextas feiras para não acusarem os grevistas de quererem fins de semana alargados...

Seria mais sensato ouvir mais amplamente os trabalhadores nos locais de trabalho e coordenar as eventuais lutas com a manifestação nacional da CGTP marcada para 19 de Maio.

Os tempos que estão para chegar vão exigir muitos sacrifícios aos trabalhadores que já sofreram diminuição salarial e, para muitos milhares ,até cortes salariais.

Os sindicatos da Função Pública vão ter um longo e penoso combate para travar, em condições muito complexas.
Esses combates só terão êxito se forem realizados com a maioria dos trabalhadores e não apenas com os apaniguados !
Não se esqueçam que os trabalhadores querem RESULTADOS das lutas !
Com esta greve apenas o Estado vai meter dinheiro ao bolso !

- por A.Brandão Guedes , http://Bestrabalho.blogspot.com , 2.5.2011


Comentar post